Friday, February 29, 2008

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA DOS CRUZEIROS NA EUROPA


A industria dos cruzeiros turísticos tem uma importância económica muito significativa para a Europa, assunto analisado com todos os detalhes num estudo recentemente publicado sob o título CONTRIBUTIONS OF CRUISE TOURISM TO THE ECONOMIES OF EUROPE. Leitura obrigatória para os talibans anti-cruzeiros de Lisboa e já agora para todas as pessoas de boa vontade...(Fazer "click" na palavra "estudo" em cima para abrir o documento).
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

DUAS FRAGATAS

Duas fragatas de épocas distintas, em primeiro plano a DOM FERNANDO, de 1843, última fragata da India, e a navegar frente ao Pontal de Cacilhas, a VASCO DA GAMA, de 1991.
Imagem efectuada hoje por João Quaresma. Que bom que se vão dando a conhecer outros fotógrafos e entusiástas pelo mar e pelos navios da nossa Armada. Para mais informações e visualização de outras imagens belíssimas do João, vão aqui...
Image copyright João Quaresma. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

PRINCESA ISABEL DESMANTELADO


O encalhe para desmantelamento do navio de passageiros LUCKY ocorrido no passado dia 29 de Janeiro de 2008 na India ditou o fim de 46 anos de história do paquete brasileiro PRINCESA ISABEL, primeiro de uma série de quatro construídos em Espanha e na Jugoslávia em 1962 para a Companhia Nacional de Navegação Costeira, do Rio de Janeiro.
Destinado inicialmente à cabotagem na costa leste da América do Sul, entre Manaus e Buenos Aires, juntamente com o seu gémeo PRINCESA LEOPOLDINA e os irmãos ANNA NERY e ROSA da FONSECA, estes de construção jugoslava, o PRINCESA ISABEL teve vida curta e atribulada sob bandeira brasileira. Transferido para o Lloyd Brasileiro em Novembro de 1967, foi retirado do serviço activo em Agosto de 1968 e imobilizado no Rio de Janeiro.
Vendido em 1969, foi reconstruído em Glasgow passando a fazer cruzeiros no Extremo Oriente com o nome MARCO POLO, de 1970 a 1978. Seguiu-se a venda a interesses gregos, tendo-se chamado AQUAMARINE (1978-1988) e ODYSSEUS (1988-2005) e LUCKY STAR (2005-2007). Os últimos anos foram passados no Extremo Oriente como navio-casino, operando inicialmente em Macau e depois em Singapura. Acabou agora vendido para sucateiros indianos, alterando o nome para LUCKY para a viagem de entrega.
Texto /Text copyright L.M.Correia. Photograph by Henrik Johansson. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

SAFMARINE PASSENGER MAIL LINERS

Safmarine operated two beautiful passenger mail liners, the S.A. ORANGE ex-PRETORIA CASTLE of 1948 and S.A. VAAL ex-TRANSVAAL CASTLE of 1961 on the Cape Run from Southampton, one of the most famous lines of the past when ships were the best way to cross.
They were purchased from Union-Castle in 1965 and transferred to the South African registry in 1969. When the mail ships were replaced by new container ships in 1977, it was the end of an era. The S.A. ORANGE was sold to Taiwan in 1975 and broken up, while the S.A.VAAL was purchased in late 1977 by Carnival Cruise Lines and became their third cruise ship, the FESTIVALE.

Uma das linhas de navegação mais famosas do século XX foi a carreira Southampton - Cape Town mantida até 1977 com navios de passageiros e transporte de correio e carga pelas companhias Union-Castle Line e Safmarine.
Neste serviço a Safmarine de Cape Town operou entre 1965 e 1977 com os navios S.A. ORANGE, ex-PRETORIA CASTLE de 1948 e S.A. VAAL, ex-TRANSVAAL CASTLE de 1961, ambos comprados em 1965 à Castle e transferidos para registo da África do Sul em 1969. Eram navios lindíssimos, rápidos e elegantes, cujo fim foi ditado pela contentorização da carreira em 1977.
Como os paquetes eram mistos, retirada a componente da carga e correio, deixaram de ser rentáveis. O S.A. ORANGE foi desmantelado na Formosa em 1975. O S.A. VAAL foi vendido à Carnival Cruise Lines e reconvertido para cruzeiros no Japão, tendo navegado muitos anos com o nome FESTIVALE.

Text by L.M.Correia. Photos from the LMC collection. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, February 28, 2008

FUNCHAL on the Corinth Canal

Imagens do paquete português FUNCHAL, da companhia Classic International Cruises a atravrssar o Canal de Corinto, na Grécia, a 3 de Novembro de 2005. Imagens enviadas pelo Cte. Augusto Moita, actualmente a comandar o paquete SKY WONDER da Pullmantur.

The FUNCHAL crossing the Corinth Canal in Greece on 3rd November 2005. Photographs sent by Captain Augusto Moita, now crossing the South Atlantic as captain of the SKY WONDER. This ship is sailing from Santos to Barcelona in tandem with fleet mate ZENITH...



Images copyright Captain Augusto Moita. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

PRIMAVERA NO TEJO


Com a Primavera, os bacalhoeiros fundeavam em Lisboa frente a Belém para as cerimónias de benção dos bacalhoeiros. Ainda era assim em 1969, como se pode ver nesta fotografia curiosa tirad a 10 de Abril desse ano, com quatro navios no Tejo: em primeiro plano o lugre ARGUS e um bacalhoeiro que parece ter casco de madeira, proa semelhante ao CAPITÃO FERREIRA, mas que não consegui identificar. Fundeados v^ê-se ainda o paquete VERA CRUZ e um dos butaneiros da Sacor Marítima, o CIDLA ou o seu irmão BANDIM. Alguém consegue identificar o segundo bacalhoeiro?
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia colection. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, February 27, 2008

NRP S. ROQUE (M 401)



Duas imagens do Draga-minas NRP S. Roque de 1956: a primeira tirada no Dia da Marinha em Setúbal, creio que em 1980; a segunda na Base Naval de Lisboa em 1991 pouco antes do abate.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

ORIENT EXPRESS in Lisbon waters 1988



Two views of the ORIENT EXPRESS ex-Pharos leaving Lisbon on her delivery cruise in 1988.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

ORIENT EXPRESS ex-PHAROS



The cruise ship ORIENT EXPRESS visited Lisbon only once in 1988, on her positioning cruise after sale to Windjammer Barefoot Cruises. She still had her superb classic original colours as the lighthouse tender PHAROS. She looked very similar to the Portuguese mini liners LÚRIO and ZAMBÉZIA also Scottish built for the East Africa coastal service of Cia Nacional de Navegação.

Navio de cruzeiros ORIENT EXPRESS que passou em Lisboa uma única vez em 1988 no único cruzeiro que efectuou com este nome após ter sido comprado. Construído em 1955 na Escócia como navio balizador com o nome PHAROS. Actual AMAZING GRACE.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

SS INDEPENDENCE in Naples

Two images taken by Michael Sutcliffe in the early sixties in Naples and in the Mediterranean. On the top photograph the INDEPENDENCE is docked at the magnificent Naples Passenger Ship Terminal. One of the Lloyd Triestino AUSTRALIA-class liners can be seen ahead of the American liner.
On the second photo the INDEPENDENCE was photographed underway at sea from a P&O - Orient Line ship.
Images copyright Michael Sutcliffe with comment byL.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Monday, February 25, 2008

O paquete INDEPENDENCE de 1951



INDEPENDENCE (1951-2008)
Navio de passageiros a turbinas construído de aço em 1949-1951. Nº. oficial: 261147. Nº IMO: 5160180. Indicativo de chamada: KPHI. Tonelagem: 23.719 gross, 11.160 net, 7.250 deadweight (29.950 TAB, 18.475 TAL segundo regras de arqueação britânicas). Comprimento ff: 208,01m; comprimento pp: 194,39m; boca: 27,18m; pontal: 16,13m; calado máximo: 9,19m. Aparelho propulsor: 2 grupos de turbinas a vapor, 55.000 SHP, 2 hélices, 23 nós. Passageiros: 900 (295 – 1ª, 375 – cabine, 330 – turística (máximo de 1.042 passageiros). Tripulantes: 578. Custo: 28 milhões de USD. Gémeo: CONSTITUTION.
Em 1948 a American Export Lines Inc., de Nova Iorque encomendou ao estaleiro Bethlehem Steel Co., Shipbuilding Division, Quincy, Mass., dois navios de passageiros do tipo P3-S2-DL2 da U.S. Maritime Commission, o primeiro dos quais foi o INDEPENDENCE (construção nº 1618). O custo do navio foi subsidiado em 40% pela USMC e em 7,5% pela U.S. Navy, devido ao facto de o projecto incluir a possibilidade de transformação para transporte de tropas (5.000 militares). A quilha foi assente a 29-03-1949 e o lançamento à água efectuado a 3-06-1950 sendo madrinha Mrs. John Slater. A 1-12-1950 o INDEPENDENCE deixou o estaleiro para iniciar as provas de mar que se prolongaram até 8-12. Nas provas de velocidade a 7-12 foi registada a velocidade máxima de 26.15 nós. Entregue ao armador em 01-1951, saiu de Boston a 21-01-1951 na viagem de entrega para Nova Iorque (22-01), porto onde foi registado, destinando-se à carreira regular N. Iorque – Mediterrâneo. De 11-02 a 4-04-1951 cruzeiro inaugural de 53 dias ao Mediterrâneo com saída de Nova Iorque. 12-04-1951: Início da primeira viagem regular N. Iorque – Gibraltar – Cannes – Nápoles – Génova. 20-02-1959: chegou a Newport News para modernização e ampliação das instalações para passageiros de 1ª classe no estaleiro Newport News Shipbuilding & Dry Dock Co. Mais 110 passageiros de 1ª classe, 30.209 TAB (23.754 TAB segundo as regras de arqueação dos EUA). 18-04-1959: regresso à carreira do Mediterrâneo. 1960: casco pintado de branco. 1965: primeiro cruzeiro às Caraíbas. 1967: arqueação bruta (US) reduzida para 20.251 TAB. 1968: adaptado para cruzeiros em classe única pelo estaleiro Maryland S.B. & DD Co., em Baltimore. Casco pintado em estilo “pop art”. 3-06-1968: primeiro cruzeiro fretado à agência de viagens Fugazi Travel Services, N. Iorque; cruzeiros às Caraíbas e Mediterrâneo. Último cruzeiro ao Mediterrâneo de 21-09 a 26-10-1968 (N. Iorque, Funchal, Casablanca, Ceuta, Tanger, Gibraltar, Algeciras, Palma, Alghero, Nápoles, Malta, Rodes, Beirute, Haifa, Pireu, Catania, Messina, Nápoles, Portofino, Génova, Monte Carlo, Cannes, Barcelona, Alicante, Algeciras, Lisboa (19-10), Ponta Delgada, N. Iorque). Após esta viagem foi pintado novamente com as cores tradicionais da Americam Export Lines. Em 11 e 12-1968 efectuou dois cruzeiros finais às Caraíbas após o que foi retirado do serviço e imobilizado em Jacksonville a 23-12-1968. Em 13-03-1969 foi transferido para Baltimore onde continuou imobilizado. Em 01-1974 foi vendido à Atlantic Far East Lines, Inc., (C.Y.Tung), Libéria. A 17-03-1975, nome alterado para OCEANIC INDEPENDENCE (950 passageiros classe única). A 23-03-1975 saiu de Baltimore para Durban, com escalas em Jacksonville, Aruba e Cape Town. 24-04-1975: primeiro cruzeiro a partir de Durban. 09-1975: afretado pelo Governo da África do Sul para 3 viagens Walvis Bay – Lisboa com refugiados de Angola. 19-01-1976: imobilizado em Hong Kong. 11-1976: anunciada a venda à Shannon SA, Panamá, para utilização na Arábia como navio acomodação com o nome SEA LUCK 1. Venda não concretizada.12-1979: transferido para a American Hawaii Cruise Inc., (C.Y: Tung). Reparado e modernizado em Kobe por Kawasaki Dockyard Co. Ltd. Registado em Honolulu. 21-06-1980: cruzeiro inaugural no Hawaii baseado em Honolulu (20.220 TAB, 798 passageiros, 350 tripulantes). 24-09-1981: encalhe em Nawiliwili, ilha de Kauai; cruzeiro cancelado. 7-10-1981: saiu de Honolulu para ser reparado em S. Francisco. 1982: propriedade transferida para a American Global Line, Inc., nome alterado para INDEPENDENCE. 12-82 a 05-1983: imobilizado em Honolulu. 6-08-1983: primeira viagem Honolulu – Los Angeles – San Francisco – Honolulu. 1990: 20.221 TAB. 2-07-1994: saiu de Honolulu para Newport News (19-07), para modernização no estaleiro Newport News Shipbuilding & Dry Dock Co. Em 8-10-1994 retomou o programa de cruzeiros regulares baseado em Honolulu. 1996: propriedade transferida para a American Global Line, Honolulu. Após os atentados de Setembro de 2001, a companhia American Classic Voyages, Inc., declarou falência pelo que o INDEPENDENCE concluiu o último cruzeiro a 20-10-2001 em Honolulu. A 30-10-2001 saiu de Honolulu para S. Francisco (8-11) onde foi imobilizado em Alameda Naval Station. Em 11-2001 propriedade transferida para a U.S. Maritime Administration. A 25-01-2002 foi rebocado de Alameda para S. Francisco (cais 50). A 5-03-2002 seguiu a reboque de S. Francisco para Suisun Bay (Reserve Fleet), mas regressou a S. Francisco no mesmo dia após o mastro principal ter embatido na ponte Carquize. 12-04-2002: imobilizado em Suisun Bay. Em 26-02-2003 comprado pela NCL – Norwegian Cruise line, Miami. Imobilizado em Mare Island Naval Base, Vallejo, em 11-04-2003. Em 26-07-2004, rebocado para S. Francisco e imobilizado no cais 70 (estaleiro BAE). Em 2005 alterou o nome para OCEANIC e a propriedade foi transferido para a companhia California Manufactoring Corporation (NCL). A 8-02-2008 saiu de S. Francisco a reboque do PACIFIC HICKORY para o Extremo Oriente para ser desmantelado.
Fotos: Postal do INDEPENDENCE publicado em 1951 pela American Export Lines; INDEPENDENCE fundeado no Funchal com o aspecto original a 16 de Fevereiro de 1951, na primeira escala do cruzeiro inaugural, procedente de Nova Iorque.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

(OCEANIC) INDEPENDENCE of 1951

As INDEPENDENCE of 1951 she was one of the most beautiful American liners ever built. The last time I was able to photograph her in 1975 while transporting Portuguese refugees from the Angola war between Walvis Bay and Lisbon she was the Atlantic Far East Lines OCEANIC INDEPENDENCE. She later returned to US service in the Hawaii and sailed San Francisco recently under tow on a final voyage across the Pacific. To see recent superb images of her from an unknown photographer, click here...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Sunday, February 24, 2008

TRANSINSULAR COMPROU AÇÔR B


A Transinsular comprou à Mutualista Açoreana o porta-contentores AÇÔR B.
O navio foi entregue em Viana do Castelo a 18-01-2008 e passou a chamar-se LAGOA, devido ao facto de um seu gémeo figurar na frota da Transinsular com o nome SETE CIDADES.
A actual dupla LAGOA / SETE CIDADES é a terceira a existir na Marinha de Comércio portuguesa, tendo navegado anteriormente um par de gémeos de construção espanhola (Carregadores Açoreanos) e outro de origem norueguesa comprados pela Insulana em 1972, que depois pertenceram sucessivamente à CTM e Vianalis.
O LAGOA ex-AÇÔR B foi substituído em Julho de 2007 na carreira dos Açores pelo novo CORVO e passou a fazer a carreira de Cabo Verde e Guiné afretado pela Transinsular. Como LAGOA mantém-se na linha de África.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Bacalhoeiro CAPITÃO FERREIRA




Já aqui temos falado do estado do antigo navio bacalhoeiro CAPITÃO FERREIRA, cujos destroços se encontram no Talaminho. Um navio histórico privado da sua dignidade. Num País com gente com interesse e respeito pelo Mar, este navio não teria tido este fim.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Patrulha NRP Limpopo de 1973


Patrulha NRP Limpopo, nona unidade da classe CACINE, a navegar na Baía do Funchal na tarde de 4 de Dezembro de 1989.
Construído no Arsenal do Alfeite em 1973, o LIMPOPO fez parte de um grupo constituído pelos dois últimos CACINEs construídos, diferenciando-se facilmente dos oito anteriores por apresentarem borda falsa à proa: o LIMPOPO e o SAVE, ambos já abatidos. O LIMPOPO foi entretanto afundado pela fragata ÁLVARES CABRAL no decorrer de um exercício naval.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Patrulha NRP SAVE de 1973



Último dos dez patrulhas da classe CACINE a ser construído, o P1161 NRP Save é uma das seis unidades desta classe saídas do Arsenal do Alfeite. Apresenta borda falsa à proa, característica comum ao LIMPOPO e é um dos quatro CACINES ainda no activo.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

PEMBA VENDIDO PELA TRANSINSULAR


O navio de carga português PEMBA, que operava na cabotagem em Moçambique desde 1996, foi vendido pela Transinsular (East Wind - Transportes Marítimos, Lda., Madeira) à companhia World Shipping Management Corporation, de Miami e entregue em Lisboa a 29-11-2007, data em que se passou a chamar SILVY e foi registado no Panamá (World Neptune SA, Panamá).
O PEMBA entrou em Lisboa pela última vez a 29-08-2007 procedente de Durban e foi substituído na costa de Moçambique por um navio afretado de maior capacidade. Esteve imobilizado no Seixal até Novembro quando veio para Lisboa permanecendo atracado a Santa Apolónia até ser entregue aos compradores. Trata-se de uma empresa propriedade de um emigrado cubano sediado e Miami, que opera navios nas Caraíbas.
Construído na Alemanha pelo estaleiro Buesumer Werft (construção nº 2034), foi acabado em Junho de 1986 e chamou-se KAROLA S até 1992, e depois JETTY (1992-1996) e PEMBA (1996-2007). Com 2.726 TAB e 2.958 TDW, o PEMBA em capacidade para 204 contentores de 20 pés.
O PEMBA é gémeo do SONGO, construído no mesmo estaleiro em 1985 e comprado pela Soponata em 1996 para operar em Moçambique. O navio foi posteriormente adquirido pela Transinslar e ainda se encontra na costa oriental de África ao serviço da Navique, empresa gerida pela Transinsular.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Friday, February 22, 2008

NOVO FERRY ATLANTICO LINE





Como temos referido, está a ser construído em Viana do Castelo o novo ferry destinado à Atlântico Line destinado ao serviço inter-ilhas no arquipélago dos Açores.
As três primeiras imagens mostram o estado da construção a 13-12-2007. A última data de 25-11-2007. Foram feitas pelo Eng. Nuno Lima e cedidas pelo estaleiro a quem agradecemos o apoio.

New Azores Ferry
Several views of the first of two new Ro-Pax cruise ferries ordered by Atlântico Line at the Viana do Castelo yards. The top three images were taken on 13 December 2007. The last one was taken on 25-11-2007
Texto/Text copyright L.M.Correia. Photos by Nuno Lima. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Fragata MOHAMMED V em Casablanca


O porto de Casablanca com a base naval principal da Marinha do Reino de Marrocos mesmo pegada ao grande molhe Sul.
A fragata classe FLOREAL de origem francesa 611 MOHAMMED V..., um dos melhores navios de guerra destes nossos vizinhos do Sul.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Fragata HASSAN II em Casablanca


Os navios de guerra querem-se aos pares, de preferência muitos, e a fragata HASSAN II é o par da MOHAMMED V na Armada de Marrocos. Fotografada também em Casablanca, a fazer os encantos do Porto e do fotógrafo aqui partilhado com quem goste deste tipo de navios...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

ABOU EL BARAKAT AL BARBARI, ex.Bartlett ?

Fotografia do ABOU BARAKAT ALBARBARI retirada do forum FOTOS DE BARCOS. Foi o facto de ter visto esta fotografia que me levou a não identificar a minha, pois além do nº de casco ser 702 e não 802, as vigias diferem de casco para casco. Daí a minha pergunta renovada. Como se chama o navio que fotografei em Casablanca a 1 de Setembro de 2003?

Aspecto do navio ABOU BARAKAT ALBARBARI ex-Bartlett (T-AGOR 13 da classe Robert D. Conrad, que pertenceu inicialmente à Marinha dos Estados Unidos da América.
Fotografado em Casablanca a 1 de Setembro de 2003.
Um navio de origem norte-americana, com semelhanças físicas ao nosso antigo navio oceanográfico ALMEIDA CARVALHO.
O meu agradecimento a Luís Filipe Silva e João Quaresma pelas contribuições para ajudar a identificar o navio.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, February 21, 2008

Patrulha Zambeze de 1972



Duas imagens do Patrulha NRP ZAMBEZE, sétimo navio da classe CACINE, que foi construído nos Estaleiros Navais do Mondego em 1972. O ZAMBEZE encontra-se actualmente desarmado e atracado ao cais 5 da Base Naval de Lisboa.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

CHANDRIS CRUISES 1974

Like the AUSTRALIS, the REGINA MAGNA was one of the largest and more impressive passenger ships in the old Chandris Fleet. She cruised only for two years, as the fuel consumption was too high. Built in France for Sud Atlantique as PASTEUR in 1939. Like ANDES she had to postpone the maiden voyage to South America in September 1939, thanks to the WW2.
Rebuilt as BREMEN in 1959 and sold to Chandris in 1971.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

LEONID SOBINOV in Lisbon 1975




The URSS cruise ship LEONID SOBINOV arriving in Lisbon in 1975 during a CTC cruise. The former Cunard Line CARMANIA ex-SAXONIA built in 1954 by John Brown, as the first of a handsome quartetfor the Canadian service. Rebuilt in 1962-63 for cruising.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, February 20, 2008

NOVO FERRY PARA OS AÇORES



Prossegue nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo a construção do primeiro de dois navios de passageiros tipo Ro-Ro destinado ao serviço inter-ilhas no arquipélago dos Açores.
O navio foi encomendado pela empresa Atlântico Line e os primeiros blocos pré-fabricados do casco foram colocados na doca de construção a 14 de Novembro passado. As duas imagens registam esse momento. Foram feitas pelo Eng. Nuno Lima e cedidas pelo estaleiro a quem agradecemos o apoio.

New Azores Ferry
Keel laying on 14 November 2007 of the first of two new Ro-Pax cruise ferries ordered by Atlântico Line at the Viana do Castelo yards.
Texto/Text copyright L.M.Correia. Photos by Nuno Lima. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

CADERNOS NAVAIS

Reflexões sobre Poder Naval: o site oficial da Marinha de Guerra Portuguesa disponibiliza a leitura em PDF de Cadernos Navais sobre temas prementes ligados à Marinha e ao Mar, cuja leitura aconselhamos. (Faça "click" sobre as palavras Poder Naval em cima para abrir o texto em PDF).
Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Tuesday, February 19, 2008

MATSONIA seen from the ORSOVA


Another candid ship photograph by Michael Sutcliffe. The Matson Line MATSONIA seen from the decks of Orient Line's ORSOVA.
The MATSONIA keept the Matson service until about 1970 and was renamed LURLINE (IV) in 1963 when her sister was sold to Chandris and renamed ELLINIS. MATSONIA later joined the Chandris fleet in 1971 as BRITANIS.
Texto/Text by L.M.Correia with a copyright photo by Michael Sutcliffe. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

N/M JENNY ex FUNCHALENSE de 1968



Antigo navio de carga e passageiros português FUNCHALENSE de 1968 fotografado em São Vicente de Cabo Verde em Dezembro de 2003 com o nome JENNY e as cores da companhia ENACOL. O navio encontra-se desarmado a aguardar afundamento.
Construido em São Jacinto para a Empresa de Navegação Madeirense, foi o terceiro navio com o nome FUNCHALENSE na frota da empresa e foi vendido em 1989 quando se passou a chamar JENNY.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia