Monday, June 30, 2008

LUSITANIA EXPRESSO 22-02-1989


Comprado em Outubro de 1988 pela COMTRAMAR - Companhia de Transportes Marítimos, o ferry LUSITANIA EXPRESSO foi o primeiro navio de passageiros tipo Roll-on/Roll-off a integrar a Marinha de Comércio portuguesa. A fotografia que apresentamos data de 22 de Fevereiro de 1989, vendo-se o navio em experiências de mar, no Tejo, após uma reparação efectuada pela Lisnave no estaleiro da Rocha.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Sunday, June 29, 2008

Ainda o PONTA DELGADA

Mais uma visita aos despojos do antigo paquete em miniatura PONTA DELGADA, que está a ser desmantelado em Lisboa pela firma Irmãos Cavaco...
Fotografias de 28 de Junho de 2008, mostrando a antena de radar do navio, a prancha que liga o PONTA DELGADA ao cais, estando o casco visível apenas na baixa-mar, e o dístico da empresa que está a fazer o desmantelamento.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

NORWEGIAN JADE arrival 24 June 2008


Early morning arrival of the NCL cruise ship NORWEGIAN JADE in Lisbon on 24 June 2008 on another cruise based in Southampton.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

P1167 NRP CISNE em Lisboa

Imagens do Patrulha costeiro NRP CISNE (P1167), da classe ALBATROZ, a entrar em Lisboa na manhã de 24 de Junho de 2008.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

NAVIOS NO TEJO - 24 Junho 208


Quantidade, qualidade e variedade são alguns dos adjectivos apropriados à muita navegação que vai enchendo os cais de Lisboa neste início de verão. A fotografia data de 24 de Junho, englobando os navios de cruzeiros NORWEGIAN JADE e STAD AMSTERDAM, este à vela, e o novo navio LPD holandês JOHAN DE WITT.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

PAMIR RECORDADO POR JOÃO COELHO

Mais um testemunho de leitura obrigatória do nosso Amigo João Coelho. As fotografias são de um navio-escola ex-alemão, do tempo e tamanho do malogrado PAMIR, o SEDOV, fotografado em Lisboa a 12 de Abril de 2008
Aproveito para voltar a falar um pouco mais do "Pamir" afundado em 1957, a 600 milhas a Sudoeste dos Açores, como consequência do ciclone "Carrie", que começara como uma depressão, na costa ocidental de África e que depois de parecer dirigir-se para as Caraíbas, alterou o rumo para Norte e depois para Este, apanhando o navio-escola da Marinha Mercante, que saíra a 10 de Agosto de Buenos Aires para a Alemanha (então RFA), com uma carga de 3 mil tons. de cereais.
O afundamento do "Pamir" foi um choque enorme na época; dos 86 homens a bordo, 52 eram cadetes da Marinha de Comércio - jovens entre os 18 e os 20 e poucos anos - e só se salvaram 6 - 4 marinheiros e 2 cadetes.
O naufrágio deu-se a 21 de Setembro e a última mensagem, um SOS, emitida às 11 horas locais dizia: "forte furacão, todas velas perdidas, 45 graus de inclinação, perigo de afundamento". Durante 9 dias, cerca de meia centena de navios e aviões de 13 países efectuaram buscas; a 24 de Setembro encontraram-se 5 náufragos, a 25, o último. Um outro tripulante ficara internado em Buenos Aires devido a uma queda no navio, escapando à tragédia.
Os episódios à volta do "Pamir" são inúmeros e controversos; durante anos procurei conhecer o Relatório oficial sobre a tragédia, sem resultado...
Em 1997, nos 40 anos do afundamento, ainda consegui falar, ao telefone, com alguns dos sobreviventes, mas, ao saberem ao que ia, todos se calaram.
Certo é que o comandante na fatídica viagem era um substituto do habitual, retido na Alemanha, e com muito menor experiência; a carga, devido a uma greve de estivadores na Argentina e à consequente necessidade de recuperar tempo, fora embarcada a granel e não ensacada, como se fizera até então, e "correu" devido à forte ondulação.. os tanques de lastro não foram cheios, para compensar a gradual inclinação para bombordo; as escotilhas não foram fechadas, permitindo a entrada do mar..e depois, dizia-se que o comandante terá querido manter o "pano" em cima, até ao limite, para ganhar mais velocidade..
Outro ponto estranho teve a ver com o número de mortos: soube-se pelos sobreviventes que cerca de 30 homens terão estado vivos, na água, durante algum tempo..para desaparecerem, afogados, até restarem os 6 que se salvaram. Especialistas perguntaram,na época (entre eles, Alan Bombardier, o célebre náufrago voluntário) como fora possível que jovens, na força da idade, bem alimentados e preparados fisicamente, tinham sucumbido tão rápidamente, e só viam o pânico e a falta de auto-controlo, como explicação. A Marinha de Guerra alemã, que tinha tradição no uso de navios-escola, ponderou abandonar essa práctica, mas acabou por continuá-la, reforçando as condições de segurança do "Gorch Fock". A Marinha de comércio perdeu uma geração de profissionais, e o "Passat", quase gémeo do "Pamir", foi transformado em museu flutuante, estático. Dos restantes navios, construídos pelo célebre armador alemão Laeisz em grupo (os 8 irmãos) sobreviveram, para além do "Passat", o "Peking", que está em South Street Seaport, em N.York (que lugar maravilhoso!), o "Pádua", que é o actual "Kruzenstern" (russo) e o "Pomern", também museu na Alemanha.
Este armador gostava de baptizar os seus navios com nomes começados por P, e daí que fossem conhecidos pelos " Flying P's "...
Nos Açores a noticia espalhou-se rápidamente, primeiro sobre um navio em dificuldades, depois já sobre o seu desaparecimento..tendo o temporal, provocado pelo "rabo" do "Carrie" marcado presença no Arquipélago.
Em P.Delgada, estava o "Lima" e um dos "Carvalhinhos" ("Arnel" ou "Cedros, não sei qual). Apesar do reforço das amarrações, o "Lima" viu os cabos da popa rebentarem com a força do vento e das vagas que saltavam o molhe e rodou, com muita sorte, sobre si próprio, ficando com a proa apontada a poente...o "Carvalhinho", pelo sim, pelo não, largou amarras e fundeou a meio do porto, com os dois ferros largados e máquina a trabalhar, de proa ao vento, e a carga que estava em cima do cais,(caixotes, bidons de 200 lts, etc) foi à água. Em terra voaram telhas, caíram árvores e muros..
Um dos patrulhas da Armada em comissão nos Açores, tentou uma saída de busca e salvamento, mas desistiu..e teve sorte em conseguir regressar a salvo ao porto (julgo que da guarnição fazia parte o mais tarde Contra-Almirante Conceição e Silva, um apaixonado pela vela) e da Base das Lages, o primeiro avião a descolar, mesmo abaixo dos limites, (os americanos ficaram no chão, esperando por melhores condições) foi um PV2, de luta anti-submarina, da nossa Força Aérea,da Base do Montijo, que estava na Terceira em voo de treino..
Foi, de facto, um choque enorme, tão grande que ainda hoje a palavra "Pamir" tem, para mim, e por certo, para muita gente que viveu esse tempo, um sentido profundo de tragédia.
Na Alemanha, o naufrágio foi recordado, o ano passado, com um filme realizado pela Televisão pública, transmitido depois pelo canal franco-alemão ARTE.
Um abraço, LMC. Desculpe a extensão do relato - mesmo assim, tentei síntetizar - mas a "culpa" é sua...

Saudações atlânticas,

João Coelho
Texto de imagens de LMCorreia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Friday, June 27, 2008

CORVO EM PONTA DELGADA




Sequência de imagens da "aterragem" do CORVO a Ponta Delgada na manhã de 13 de Maio de 2008.
Um dia movimentado no porto principal de São Miguel, com navios fora do porto a aguardar entrada...
The Portuguese container ship CORVO arriving in Ponta Delgada, Azores on 13th May 2008 in a very busy morning with ships waiting outside the harbour...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

The Queen on board the QE2

Her Majesty the Queen Elizabeth II photographed on board the QE2 on 2nd June with the present and former captains of the famous Cunard ship
H. M. Queen Elizabeth II paid a farewell visit to the famous passenger line and cruise ship QUEEN ELIZABETH 2 at Southampton on 2nd June. For a full report check our special blog RMS QUEEN ELIZABETH 2 by clicking here...
Texto /Text copyright L.M.Correia with Cunard images. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

GRANDES IATES ENCOMENDADOS A VIANA

Os Estaleiros Navais de Viana do Castelo assinaram a 29 de Maio último um importante contrato para a construção de dois grandes iates de recreio de luxo destinados ao armador SCS Liveras et Cie, do Mónaco, com entregas previstas para 2011.
Os navios terão 97,30 metros de comprimento máximo, 14 metros de boca, 8 metros de pontal ao convés principal e 4 metros de calado, navegando a 15 nós. Com capacidade para 40 passageiros, o aprestamento destas unidades será feito em colaboração com a empresa DECON, na continuação de uma parceria já testada durante a construção do ferry madeirense LOBO MARINHO em 2003 e em outros projectos recentes e em curso.
A assinatura deste contrato marca mais um passo importante na diversificação e especialização de actividades dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Ainda o ANGRA DO HEROÍSMO

Um belo angulo do paquete ANGRA DO HEROÍSMO em Lisboa.
Este navio serviu bem os Açores de 1966 a 1973 e podia ter continuado mais alguns anos. O seu irmão AMÉLIA DE MELLO foi convertido para cruzeiros e manteve-se ao serviço mais 30 anos que ANGRA, desmantelado em Espanha em 1974.
Quando o ANGRA foi retirado, havia a ideia de o substituir por um navio tipo "cruise ferry", mas entretanto vieram os anos de instabilidade revolucionária, nacionalizaram-se os principais armadores, deixou de haver investimentos em navios e acabou-se praticamente tudo...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Carreira Portimão - Madeira - Canárias

Texto de um comunicado do IPTM anunciando a entrada em serviço do VOLCAN DE TIJARAFE na carreira Continente - Ilhas:

A Companhia Marítima Naviera Armas, S A, empresa mercantil espanhola inscrita no Registo Especial de Empresas Navieras, com sede em Las Palmas de Gran Canaria, foi autorizada a efectuar o transporte de passageiros e carga rodada entre o Continente e a Região Autónoma da Madeira com o navio “Volcan de Tijarafe” por ela tomado de fretamento em casco nu, com escalas semanais entre Portimão e Funchal.

O “Volcan de Tijarafe” é um navio tipo ro/ro-ferry, totalmente tripulado por marítimos comunitários, que efectuou o seu 1º registo em 29 de Abril do corrente ano, no Registo Especial de Buques de la Capitania Marítima de Sta. Cruz de Tenerife. Tem 165 metros de comprimento, capacidade para 1000 passageiros e 1500 metros lineares de carga rodada e uma velocidade de 24.5 nós.

O itinerário estabelecido para os próximos dois anos será o seguinte:
Tenerife/Las Palmas - Sexta-Feira, com partida às 16:00
Las Palmas/Funchal - Sexta-Feira, com partida às 19:30
Funchal/Portimão - Sábado, com partida às 10:30
Portimão/Funchal - Domingo, com partida às 11:30
Funchal/Tenerife - Segunda-Feira, com partida às 19:00
Tenerife/Las Palmas - Terça-Feira, com partida às 8:00
Entre Terça e Sexta o navio faz percursos entre Las Palmas e Tenerife

O facto deste armador efectuar também ligações entre as ilhas da Gran Canária com este e outros navios, vem permitir itinerários mais diversificados entre as referidas Regiões Insulares.
O encaminhamento da carga rodada embarcada em Portimão e com destino a Porto Santo está assegurado por um operador local, sem acréscimo de frete.
Texto do IPTM /Photos by Paulo Lapa. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Um paquete "Pau para toda a obra" nos Açores

Dedicado aos nossos Amigos açorianos que nos visitam regularmente e enriquecem este espaço com os seus comentérios tão interessantes, uma imagem do paquete PONTA DELGADA, com as cores originais da Empresa Insulana de Navegação, um navio que serviu bem as Ilhas dos Açores, de 1962 a 1984 e ainda hoje é recordado com saudades...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

A MARINHA NO MAR DOS AÇORES


A propósito de um pequeno "post" recente com uma imagem do CACINE em Leixões, o nosso Amigo João Coelho deixou este interessante comentário que resolvi destacar pelo seu conteúdo. Foto do NRP CACINE em Leixões em 2003.
Estes patrulhas, construídos para missões em África, durante a guerra colonial, acabaram por ir parar aos Açores, para as tradicionais comissões de apoio à navegação. Passaram por S. Miguel, na 2ª Guerra, os contra-torpedeiros "Douro", "Dão", "Lima", "Tejo" e "Vouga"; depois do conflito, vieram os patrulhas de construção norte-americana, mais tarde os de origem francesa (alguns construídos em Portugal) e, finalmente, estes da classe "Cacine" - até à chegada das corvetas que ainda mantém a presença da Marinha de Guerra nos Açores.
Estes "Cacines", de menor tonelagem, sofriam ainda mais do que os patrulhas de modelos anteriores, nomeadamente quanto o tempo de serviço apanhava o período de Inverno...passando por situações que, julgo, mereceriam um trabalho de recolha e divulgação, à altura dos tormentos que enfrentaram..
Nas memórias que guardo de episódios no mar, em S. Miguel, recordo uma saída de um patrulha (dos americanos), no dia após o naufrágio do navio-escola alemão federal "Pamir", em Setembro de 57, quando ainda não se sabia que 80 tripulantes e cadetes tinham desaparecido naquele terrível acidente, (salvaram-se apenas 6) provocado por um ciclone, com forte ajuda de uma carga de cereais, embarcada a granel, ao contrário do que era habitual (usava-se ensaca-los, para a viagem da Argentina para a RFA), e que "correu", devido à ondulação, desequilibrando o veleiro.
Ouvindo a sirene do patrulha, que chamava a guarnição de folga, corri para junto da costa, no Estradinho, próximo de Sta.Clara, para ver o que ia passar-se... e, de facto, assisti à impressionante luta do navio com o mar, transformado quase que num submarino, as ondas entrando pela proa e cobrindo, totalmente, o patrulha... que desaparecia depois na cava da vaga, até ao topo do mastro... para, uma "eternidade" depois, lá subir, de novo, mas lentamente, ..enfim, uma cena que levava a pensar que aquilo ia acabar da pior maneira..Pouco depois, e ainda antes do farol de Sta. Clara, percebeu-se que estavam a tentar voltar a P. Delgada e, a muito custo, conseguiram virar de bordo e regressar ao porto, felizmente.
No Inverno, as coisas eram tão complicadas que cheguei a ver, noutra ocasião, um oficial da guarnição, amigo de um grupo de micaelenses, a dizer-nos, na Avenida Marginal, e ouvindo a chamada para bordo, que não embarcava.. Para sorte dele, a saída, nocturna, para uma evacuação médica na ilha das Flores - mais de 150 milhas, desde S. Miguel - foi cancelada, devido às terríveis condições do mar..
Sofreram muito esses homens, que eram "pau para toda a obra", num tempo em que seis das nove ilhas dos Açores não tinham Aeroporto e em que a Armada, na circunstância, era o recurso possível.
Bem mereciam que alguém se lembrasse de os homenagear pelos serviços prestados em tão difíceis condições.

Saudações marinheiras

João Coelho
Texto de João Coelho /Photo copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, June 26, 2008

NAVIOS NO ARSENAL

Conjunto de unidades da Marinha de Guerra atracadas ao Arsenal do Alfeite em 1989. Em primeiro plano, as lanchas hidrográficas AURIGA e ANDRÓMEDA e duas fragatas da classe JOÃO BELO, destacando-se a COMANDANTE ROBERTO IVENS que seria a primeira da classe a ser abatida.
Visitei diversas vezes o Arsenal do Alfeite ao longo dos anos desde que me iniciei nas artes da fotografia de marinha em 1975. Nos anos oitenta, o Alfeite era uma delícia, sempre repleto de navios e motivos navais para fotografar, desde submarinos às pequenas embarcações auxiliares.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, June 25, 2008

QUEEN OF LISBON

The QUEEN MARY 2 photographed in Lisbon on 24 June 2008.
The Cunard giant imposing presence giving new colours and forms to our port and city, blending into the local bright light in a perfect way.
Welcome to Lisbon QM2. Return soon...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

QM2 and COSTA EUROPA RACING ON THE RIVER TAGUS

Close up of the race between the cruise ships QUEEN MARY 2 and COSTA EUROPA in Lisbon off the Alg]es Pilot Station. The COSTA ship was going to overtake the Carnival Group flagship QM2, but then the Cunarder increased speed and disembarked the harbour pilot before the Italian ship.
This photograph shows clearly one of the most interesting design features on the QM2, her streamlined upper works and bridge clearly influenced by the design of the QUEEN ELIZABETH of 1940. The QM2 mast on the other way is a smaller replica of the QE2 mast...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

QUEEN MARY 2 underway in Lisbon

The QUEEN MARY 2 increasing speed after another call in Lisbon on 24th June 2008, at the end of a Mediterranean trip from Southampton. She is due to return again this September 19th and also in 2009.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

QM2 and COSTA EUROPA sailing from Lisbon


The passenger / cruise ships QUEEN MARY 2 and COSTAEUROPA visited Lisbon on 24 June 2008 and departed at the same time.
There is something special about the QUEEN MARY 2 that turns all the other ships into the small ships league...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

QUEEN ELIZABETH 2 leaving Lisbon 2008-06-23


The QUEEN ELIZABETH 2 sailing from Lisbon at about 4.00 PM on 23 June 2008. The old lady still looks good despite 39 years of crossings and cruising...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

QE2 no Tejo a 23-06-2008




O QUEEN ELIZABETH 2 passou mais uma vez por Lisboa a 23 de Junho, dando-nos a oportunidade de fazer mais algumas fotografias. O QUEEN estará em Lisboa mais 6 vezes este ano.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Patrulha CACINE em Leixões

Navio patrulha NRP CACINE atracado no porto de Leixões em 2003. Primeiro de uma classe de 10 unidades, o velho CACINE é um dsos quatro sobreviventes ainda no activo.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

N/T LAROUCO de 1969

Navio tanque LAROUCO fotografado em Lisboa na década de 1980. Construído em 1968-69 por encomenda da Soponata - Sociedade Portuguesa de Navios Tanques, o casco foi feito na Alemanha e depois rebocado para a Lisnave, para acabamento na Margueira.
Com 81.710 TDW o LAROUCO foi o maior navio português até 1973, quando cedeu o título ao ORTINS BETTENCOURT, da mesma empresa. O LAROUCO foi vendido aos Gregos em 1988.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

The FUNCHAL at Tenerife in 1962


The brand new Portuguese passenger liner FUNCHAL photographed alongside Santa Cruz de Tenerife in January 1962 on her first call.
The FUNCHAL operated between Lisbon, Madeira and the Canary Isles for more than 10 years, until 1972 and was very popular, as the largest, more luxurious and fastest passenger ship operating between Europe and the Canaries.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Paquete FUNCHAL em Tenerife

Chegada do paquete FUNCHAL a Santa Cruz de Tenerife em Janeiro de 1962, ao fazer a primeira escala naquele porto das Canárias.
O FUNCHAL era então o melhor, maior e mais moderno navio de passageiros a fazer a linha Península Ibérica - Canárias, que manteve até 1972.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

As lanchas D. ALEIXO e D. JEREMIAS

Duas novas imagens para o álbum de recordações da Marinha de Guerra Portuguesa: as lanchas D. ALEIXO (P1148) e D. JEREMIAS (P1149), construídas para servir nas águas de Timor, mas que por circunstâncias várias acabaram por não seguir para aquele território.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Monday, June 23, 2008

QUEEN ELIZABETH 2 em Lisboa

O paquete inglês QUEEN ELIZABETH 2 chegou esta madrugada a Lisboa vindo de Las Palmas, em mais um cruzeiro da sua última temporada.
O navio está atracado em Alcântara e larga pelas 16h00 para Southampton. O QE2 já se encontra vendido para servir como atracção turística no Dubai, onde vai ser entregue em Novembro. Até lá passa por Lisboa mais seis vezes, a 4 e 22 de Julho, 14 e 29 de Agosto, 29 de Outubro e 13 de Novembro, sendo a última escala já parte do cruzeiro de entrega rumo ao Dubai.
Entretanto, amanhã 24 de Junho, estará em Lisboa o QUEEN MARY 2.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Paquete ANGRA DO HEROÍSMO 1966-1974

Era lindo o ANGRA DO HEROÍSMO, como se pode apreciar pela imagem deste postal editado pela Empresa Insulana de Navegação, com base numa fotografia Perestrellos, do Funchal.
Trata-se de um postal raro, com bastante valor, especialmente pelo facto de só ter sido editado uma vez com tiragem limitada.
Construído em Hamburgo em 1955 com o nome ISRAEL, pertenceu à companhia Zim Lines, de Haifa, até 1966, fazendo a carreira de Nova Iorque com o seu irmão gémeo ZION, que em 1966 passou a ser o AMÉLIA DE MELLO, da Sociedade Geral.
Em Abril de 1966 foi comprado pela Empresa Insulana de Navegação e durante sete anos serviu aquela antiga companhia de navegação portuguesa, fazendo a linha da Madeira e Açores, alguns cruzeiros e diversos fretamentos militares com tropas entre Lisboa e Bissau além de uma viagem com o Presidente da Republica logo em 1966. Foi o maior navio de passageiros a integrar a frota da Insulana. Retirado em Outubro de 1973, foi vendido para a sucata em Abril de 1974 e desmantelado em Espanha. Foi um abate prematuro, pois o navio era muito bom e precisava apenas de melhor manutenção técnica. Fez muita falta na carreira das Ilhas.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

N/T ANGRA DO HEROÍSMO 1973

Capa e contracapa da brochura editada pela Empresa Insulana com os itinerários do N/T ANGRA DO HEROÍSMO relativas a 1973, o último ano em que operou.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Itinerário de 1973 do paquete ANGRA DO HEROÍSMO

Itinerário de 1973 do N/T ANGRA DO HEROÍSMO, editado pela Empresa Insulana de Navegação relativo à carreira de passageiros entre Lisboa, os Açores e a Madeira, iniciada pela Insulana em 1871 com o N/V ATLÂNTICO.
O ANGRA acabou por não cumprir na totalidade este conjunto de viagens, por motivos técnicos, tendo sido retirado da carreira em Outubro de 1973.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

QUEEN ELIZABETH 2 despediu-se da Madeira e Canárias


O paquete inglês QUEEN ELIZABETH 2 despediu-se dos portos do Funchal, Tenerife e Las Palmas, respectivamente nos dias 19, 20 e 21 de Junho, no decorrer do último cruzeiro às Ilhas Atlânticas, que amanhã inclui uma escala em Lisboa.
Imagem da última largada do Funchal do QE2, enviada por Luís Filipe Jardim.
Texto de /Text copyright L.M.Correia. Foto de / Photo by Luís Filipe Jardim. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Colecionar postais de navios


Um Amigo frequentador deste blogue teve a amabilidade de me oferecer recentemente uma colecção de postais de navios, que muito apreciei, pelo gesto simpático e pela qualidade da oferta.
Em forma de partilha vou apresentar regularmente postais de navios neste espaço.
Para já apresento hoje quatro postais que integram a colecção referida acima e são de facto muito bonitos.
Da esquerda para a direita, e de cima para baixo, temos um postal editado pela companhia italiana Flotta Lauro, de Nápoles, ilustrando os paquetes gémeos ROMA e SYDNEY, que tinham a particularidade de terem sido reconstruídos no pós-segunda grande guerra a partir de porta-aviões ligeiros; segue-se uma pintura da companhia Itália, com os gémeos SATURNIA e VULCANIA, e em baixo, um postal reproduzindo uma pintura belíssima do mestre Roger Chapelet, com o paquete francês PROVENCE, que mais tarde seria o ENRICO C, e novamente um postal dos paquetes SATURNIA e VULCANIA, da companhia Itália, sendo a gravura agora baseada numa fotografia.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Sunday, June 22, 2008

Golfinhos no Tejo 19 de Junho de 2008





No dia 19 de Junho último o rio Tejo foi visitado por uma "flotilha" de GOLFINHOS, brincalhões e bem dispostos que provavelmente se vieram inteirar das condições ambientais do rio.
Era um belo grupo com cerca de 10 animais, que avistei com alguma emoção junto ao Pontal de Cacilhas, vinham os meninos do Mar da Palha.
Despertaram outras atenções, nomeadamente da parte de uns pescadores motorizados que os perseguiram Tejo abaixo, perturbando os visitantes com o ruido do motor da embarcação.
Já não via Golfinhos no rio Tejo há cerca de 15 anos, e estes simpáticos mamíferos marinhos há muito que deixaram as águas do rio, na década de 1960.
De Cacilhas os Golfinhos encostaram à Margem Norte, passaram frente à Liscont e seguiram junto à Junqueira.
Bem vindos, GOLFINHOS e obrigado pela visita...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

EURODAM S. Payne masterpieces

Another two of the Stephen J. Card original paintings commissioned by Holland Ameriuca for the new cruise liner EURODAM: the Liberty ship BLIJDENYK and the famous s.s. ROTTERDAM IV. The Swedish American Line m.s. GRIPSHOLM of 1925 can also be seen.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia