Sunday, August 31, 2008

KRISTINA REGINA no Tejo

Imagens do pequeno navio de cruzeiros finlandês KRISTINA REGINA à chegada a Lisboa a 27 de Agosto último.
Construído em 1960, o KRISTINA REGINA é um navio muito elegante, com as suas duas chaminés, das quais a da frente é falsa, fazendo lembrar os grandes paquetes da saudosa Swedish American Line ou o VENUS (1931-1968), da Bergen Line, que tantos cruzeiros fez à Madeira (e alguns a Lisboa) depois da Segunda Guerra Mundial.
As linhas do casco são também tipicamente escandinavas, com a proa a fazer lembrar o nosso AÇORES de 1958, de construção sueca...

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

KRISTINA REGINA off Lisbon 27-08-2008

The Finnish-flag cruise ship KRISTINA REGINA of 1960 motoring along the Lisbon waterfrot on her way to the Santa Apolónia Cruise Terminal on 27 August 2008.
Built as a Baltic steam passenger ferry and converted into a motorship later, the KRISTINA REGINA is a very attractive looking ship with very traditional Swedish design: the twin funnels, the forward one being a dummy and the nice hull, slightly looking like the VENUS of 1931 of the famous Bergen Line or the Swedish American Line passenger liners...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

LISBOA PRINCESA DO TEJO

Embarcação de cruzeiros fluviais LISBOA PRINCESA DE BELÉM, adquirido este ano pela empresa Lisboa Vista do Tejo S.A., para reforçar a actividade de passeios turísticos no rio Tejo, fotografada a 29 de Agosto de 2008 em plena actividade.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Navio CAPRICÓRNIO 2008-08-30


Aspecto do navio de investigação da pescas CAPRICÓRNIO, propriedade do instituto estatal IPIMAR, que se encontra desactivado em Lisboa há muitos meses.
Será que vai ter o mesmo destino da escola de pescas de Pedrouços?
Fotografia tirada a 30-08-2008 no Tejo.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, August 28, 2008

MIRCEA aberto a visitas

O navio-escola “Mircea” pertencente à Marinha Romena, estará atracado no Porto de Lisboa até ao dia 30 de Agosto.
O navio encontra-se atracado ao Cais de Santa Apolónia montante , junto à entrada do Terminal da Transinsular, numa zona a precisar de requalificação funcional e paisagistíca.
Estão previstas visitas do público nos dias 28 e 29 das 10:00h às 14:00h e das 17:00h às 20:00h.

Fragata VASCO DA GAMA 2008-08-27


Perspectiva curiosa da Fragata NRP VASCO DA GAMA a navegar no Tejo na manhã de 27-0-2008, em trânsito da BNL para o cais do Portinho da Costa, à Trafaria.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

UAM 901 ALVA no Tejo


O meu interesse pelas unidades navais portuguesas inclui as UAMs - Unidades Auxiliares da Marinha, nem sempre fáceis de fotografar. Ontem surpreendi a UAM 901 ALVA a navegar a meio do Tejo, e claro fiz algumas fotos. Trata-se de uma vedeta que julgo exclusiva do Estado Maior da Armada. Fotografia feita a 27 de Agosto de 2008.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, August 27, 2008

MIRCEA no Tejo 2008-08-27


O Navio-escola MIRCEA entrou hoje em Lisboa, cerca das 10h00, para uma visita de rotina, e está atracado em Santa Apolónia até ao próximo Sábado, 30 de Agosto.
Construído em Hamburgo no estaleiro Blohm & Voss segundo os planos do GORCH FOCK de 1933, o MIRCEA arma em barca de 3 mastros, sendo muito semelhante ao nosso Navio-escola SAGRES. Foi entregue à Marinha da Roménia em Março de 1939.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

LA PALMA in Lisbon



Two views of the motor cruise ship LA PALMA visiting Lisbon in the 1980s while doing winter cruises based in the U.K. Different stages of a more or less permanent rebuilding in the "Greek way" can be observed on the promenade deck windows and platting.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Sunday, August 24, 2008

LA PALMA funnel

The Cyprus registered cruise ship LA PALMA ex-LA PERLA ex-FERDINAND DE LESSEPS showing her funnel of the LASCROUX type common to a large number of post ww2 Messageries Maritimes combi liners. Other ships with this type of funnel were the Italia sisters ANDREA DORIA and CRISTOFORO COLOMBO and the INFANTE DOM HENRIQUE of 1961.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Paquete REGINA PRIMA em Lisboa

Uma das mais importantes companhias de navegação gregas com tradição nos cruzeiros foi a Chandris Cruises, que na década de 1970 se fundiu com a Chandris Lines. Os navios da Chandris Cruises eram todos de pequena e média tonelagem e operavam principalmente no Mediterrâneo, com excepção do REGINA MAGNA ex-BREMEN, que ultrapassava as 30.000 toneladas de arqueção bruta.
Um dos paquetes mais interessantes da companhia foi o REGINA, comprado em 1964 à American President Lines. Construído em 1939 para a Panama Line, chamou-se inicialmente PANAMA e fez a carreira Nova Iorque - Canal do Panamá, até ser convertido para transporte de tropas em 1941 com o nome USS JAMES L. PARKER. Depois da segunda guerra mundial o PANAMA voltou à carreira da América Central até ser vendido à American President Lines em 1957 passando a navegar como PRESIDENT HOOVER. Depois de remodelado na Grécia o REGINA entrou ao serviço da Chandris Cruises na Primavera de 1966 e em 1972 alterou o nome para REGINA PRIMA na sequência da compra do BREMEN pela companhia. Fez os últimos cruzeiros em 1979 e foi desmantelado em Aliaga, Turquia em 1986.
Que me lembre, só esteve em Lisboa uma vez, em Outubro de 1975, quando fiz a fotografia deste "post", junto à Estação Marítima de Alcântara. Esteve no Tejo 24 horas, largando na manhã seguinte, quando fiz a imagem do "post " anterior. Fotografei o navio na Madeira em 1978.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Saturday, August 23, 2008

REGINA PRIMA in Lisbon 1975

The Greek owned, Panamian registered Chandris Cruises s.s. REGINA PRIMA leaving Lisbon on a cruise in 1975.One of several ex-American ships used by Chandris quite successfuly.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Friday, August 22, 2008

ORION at the London Docks

Another stunning photograph from a slide shared by Michael Sutcliffe, former Purser on the ORION and other Orient and P&O ships in the late 1950s to the early 1970s.
Why there are no longer imaginative and beautiful passenger ship liveries? Corn colour was just perfect with buff funnels and masts... The closer hull colours were used by Epirotiki ships but even those turned into dark blue in later years...
Texto de / Text by L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

ORION, Lyttelton, New Zealand, 1962



Two Michael Sutcliffe photos of the ORION alongside Lyttelton, New Zealand, in 1962 at the very end of ORION's long career.
Texto de /Text by L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

ORONTES ON THE SUEZ CANAL

Another beautiful image by Michael Sutcliffe taken on board the Orient Line passenger liner ORONTES on the Suez Canal.
Texto de / Text copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, August 21, 2008

NRP VEGA desarmado para abate


Reprodução da Portaria nº 714/2008 que manda desarmar o Navio-escola VEGA.
É sempre triste registar o fim de um navio, e no caso do VEGA essa sensação é ainda mais forte por se tratar de um ícone da Marinha Portuguesa.
Não sabemos as razões da medida, embora seja óbvio que não há navios eternos.
Esperemos que não sejam razões de ordem financeira o que nos deixaria profundamente indignado com a forma como os navios e o mar são tratados pelos poderes instituídos em Portugal.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, August 20, 2008

NAVIO-ESCOLA VEGA

Fotografias do Navio-Escola VEGA tiradas no Tejo a 20-05-2007, no Dia da Marinha. O texto que segue foi retirado do sitio da Marinha Portuguesa.


O NAVIO-ESCOLA "VEGA", um yawl desenhado em 1948 por John G. Alden, foi construído por Henry Hinckley no EUA, em Maine em 1949. Foi lançado à água a 22 de Novembro de 1949, com o nome de "VALHALLA", foi seu primeiro proprietário Cammenis Catherwood.

Chamou-se depois "MAI TAI", "CURRITUK" e "JANIE C". Em 1964 foi adquirido por José Manuel de Mello que o baptizou de ARREDA IV.
No mesmo ano, o seu aparelho foi revisto por Sparkman & Stephens, ficando com a armação de sloop.
Oferecido ao Clube Náutico e Cadetes da Armada - CNOCA, em Fevereiro de 1973, recebeu o nome de VEGA. Foi aumentado ao efectivo dos navios da armada a 7 de Maio de 1976.
Desde de então que a sua missão é a formação marinheira e a prática de navegação dos cadetes da Escola Naval, efectuando viagens de instrução, embarques de fins-de-semana e regatas em Portugal e no estrangeiro.
Destaca-se uma viagem aos EUA, Nova Iorque em 1976 às comemorações do Bicentenário dos EUA, a regata do Jubileu da Rainha de Inglaterra em 1977, em 1982 efectuou a regata Falmouth - Lisboa - Southampton, em 1983 efectuou a regata do Trofeu Infante entre Lisboa - Horta - Lisboa. O navio conta com mais de uma dezena regatas às Canárias e com inúmeras regatas em Portugal Continental, tendo efectuado em 2003 a regata Internacional Canárias - Madeira entre Lanzarote e o Funchal.
Images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Thanks for your visit and comments. You are most welcome at any time - Luís Miguel Correia

Tuesday, August 19, 2008

EXPRESS SANTORINI IN THE AZORES


The beautiful Greek passenger Ro-Ro cruise ferry EXPRESS SANTORINI photographed at Pico Island canal with São Jorge Island in the background on 7 August 2008. The 1974-built SANTORINI is doing her second season in the Azores under charter to ATLÂNTICOLINE. As she turns 35 in 2009 her days under the Greek flag are numbered...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

A FOICE E O MARTELO NOS MARES

Com a derrocada do muro de Berlim e do sistema soviético, a foice e o martelo que durante quase todo o século XX decoraram as chaminés dos navios mercantes da URSS desapareceram num ápice, reflectindo a falta de suporte popular das ditaduras ditas populares dos Países de Leste.
Esta chaminé era do paquete LATVIA, um dos 19 gémeos da classe MIKHAIL KALININ construídos entre 1958 e 1964 na RDA. O LATVIA foi o segundo navio de passageiros da URSS a visitar Lisboa depois de o porto da capital ter sido aberto a navios soviéticos, em 1975.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Soviet Liner LATVIA in Lisbon

The Soviet passenger ship LATVIA arriving in Lisbon on a cruise in the 1980s. She was operated by the Black Sea Shippping Company based in Odessa and had 18 sisterships, all built in East Germany in 1958-1964.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Lanchas ESPADARTE e TAINHA

As lanchas ESPADARTE e TAINHA da Guarda Costeira da Republica de Cabo Verde fotografadas a 1 de Dezembro de 2003 em São Vicente.
São Vicente é um porto fascinante para quem aprecie navios de pequeno e médio porte...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Cargueiro MORABEZA em São Vicente


O navio de carga geral caboverdiano MORABEZA atracado no Porto Grande (Mindelo), Ilha de São Vicente, a 1 de Dezembro de 2003.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Fragata URUGUAY em reparação

Imagens da antiga Fragata portuguesa NRP COMANDANTE JOÃO BELO em reparação na Cidade do Cabo, África do Sul na sequência de avarias provocadas por colisão com a sua irmã CTE PEDRO CAMPBELL. A ex-JOÃO BELO saiu de Lisboa a 25 de Abril último depois de adquirida pela Marinha do Uruguay.
Texto / Text copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Ex-SACADURA CABRAL em reparação

A Fragata da Marinha do Uruguai ROU 02 Cte. PEDRO CAMPBELL ex NRP COMANDANTE SACADURA CABRAL fotografad recentemente em Cape Town a reparar as avarias resultantes do abalroamento com a ROU 01 URUGUAY na viagem de Lisboa para o Cabo após entrega em Lisboa.
Texto / Text copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Monday, August 18, 2008

SHOTA RUSTAVELI in Lisbon (1983)


The Soviet cruise and passenger liner SHOTA RUSTAVELI of 1968 photographed berthed in 1983 at the Rocha Cruise Terminal, Lisbon with the tug ÁLA at her bow.
The Soviet Union passenger ship fleet was the largest in the world by the late 1970s and early 1980s. By then ships were used on regular service worldwide as well on popular charter cruises mostly operated by western operators, acting as Soviet Propaganda and hard western currency earners. By 1983 when this picture was taken, the URSS ships were by far the more current visitor cruise ships in Lisbon.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

The SHOTA RUSTAVELI in Lisbon (1984)

The Soviet passenger liner SHOTA RUSTAVELI arriving Lisbon early in the morning of 26 July 1984 on a summer cruise chartered to an Italian tour operator.
The fourth of five sisters of the RDA-built IVAN FRANKO-class, she was delivered with a black hull in 1968 and sailed mostly under charter to western cruising operators, like CTC (London and Sydney).
Although built to the same design, later the five sisters were slightly rebuilt in different ways and it was very easy to recognize each one...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Paquete SHOTA RUSTAVELI no Tejo (1984)


O paquete soviético SHOTA RUSTAVELI fotografado a largar da Estação Marítima da Rocha em 23 de Agosto de 1984.
O SHOTA datava de 1968 e era a quarta unidade de uma classe de 5 navios construídos na RDA e entregues entre 1964 e 1972: a classe IVAN FRANKO, de 20.000 toneladas.
O navio tinha de início casco preto, e foi transferido para o registo da Ucrania com a liquidação da antiga URSS, uma vez que embora propriedade do Estado Soviético, era operado pela Black Sea Shipping Company, com base em Odessa. Mais tarde ainda navegou com o nome ASSEDO antes de ser desmantelado na India.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

NRP CUANZA saindo a barra do Tejo


O Patrulha NRP CUANZA (P1144) fotografado no canal da Barra Sul, saindo de Lisboa na tarde de 23 de Julho de 2008.
O CUANZA é um dos quatro sobreviventes da classe CACINE, composta inicialmente por 10 unidades todas construídas em Portugal (Alfeite e Figueira da Foz). Além do CUANZA ainda se encontram em serviço activo o CACINE, o ZAIRE e o SAVE.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Site dedicado ao NRP ÁLVARES CABRAL de 1959

Descobrimos este interessante sítio da internet dedicado à Fragata Álvares Cabral de 1959 e recomendamos a sua visita. Carregar aqui...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Friday, August 15, 2008

The most beautiful shop on the high seas


The BOOKSHOP on board the classic RMS QUEEN ELIZABETH 2, my favorite shop on the high seas since I first purchased books there in 1989.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

LMC Books on the QE2



When I first saw the QE2 in Lisbon on 28 April 1969 I hardly knew that one day I would do a book on her with Bill Miller.
Photos: LMC books on display at the QE2 bookshop and LMC signing books on board on a photo taken by Raquel Sabino Pereira, whose photographic skills are second to none.
Texto e imagens /Text and images copyright L. M. Correia and R. S. Pereira. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Looking into the QE2

The beautiful Cunarder RMS QUEEN ELIZABETH 2 visited Lisbon again on 14 August 2008, so now we have only three more calls including the farewell on 13 November 2008.
She will return to Lisbon on 29 August, 29 October and 13 November, closing a special relationship between the QE2 and Lisbon started on 28 April 1969 on her maiden call while on the shake down cruise prior to the maiden transatlantic voyage to NY...
At the time she looked a very attractive girl with her original slim white funnel. Now it is almost over and I can't find Sam to to ask
"Play it again, Sam, play it again..."
Photos of QE2 departure from Lisbon at 5 PM on 14 August 2008
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Tuesday, August 12, 2008

FURNAS NO TEJO

Bonita imagem do porta-contentores FURNAS a passar a Praça do Comércio, de entrada em Lisboa vindo dos Açores a 5 de Agosto de 2008.
O FURNAS é um dos dois navios que actualmente compoem a frota da Mutualista Açoreana de Transportes Marítimos, empresa do Grupo Bensaude com sede em Ponta Delgada, que assegura as ligações Açores - Continente há 88 anos. A história da empresa e navios respectivos está disponível: ver informação relativa ao livro CORVO de 2007 na coluna da direita do blogue...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Monday, August 11, 2008

FURNAS DE ENTRADA


Porta-contentores português FURNAS entrando em Lisboa procedente dos Açores a 5 de Agosto de 2008. O navio assegura uma carreira semanal entre Lisboa, Leixões e os Açores com o CORVO, fazendo cada navio uma rotação quinzenal.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Sunday, August 10, 2008

CREOULA NOVAMENTE EM VIAGEM


Navio de Treino de Mar CREOULA largando de Lisboa na manhã de 5 de Agosto para um cruzeiro organizado pela Rota Jovem a Cádis e Ceuta, com regresso a Lisboa a 13 de Agosto.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Saturday, August 09, 2008

Proa do novo ATLÂNTIDA


Imagem da bonita proa do novo navio de passageiros Ro-Ro português ATLÂNTIDA, em construção nos Estaleiros de Viana do Castelo, com entrega prevista para este ano.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Friday, August 08, 2008

World Discoverer 1988-04-28


The expedition cruise ship WORLD DISCOVERER photographed arriving Lisbon on 28 April 1988. A small interesting ship lost in a Pacific Island several years ago...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, August 07, 2008

PORMENORES EM ESTALEIRO


Para quem gosta de juntar o gosto dos navios ao prazer da fotografia, não há nada como deambular por um estaleiro, de preferência dos que fabricam navios, pois os outros estaleiros, de demolição são uma tristeza.
Esta imagem de pedaços de chapas de aço que sobraram durante a construção do ATLÂNTIDA fazem-me lembrar de uma piada que nos anos cinquenta e sessenta se dizia acerca do paquete UIGE relativamente aos seus irmãos maiores, o VERA CRUZ e o SANTA MARIA que o precederam no estaleiro Cockeril, em Antuérpia, onde os três foram construídos em 1952, 1053 e 1954, os dois maiores de forma tradicional, em carreiras de construção, o UIGE em doca seca.
Contava-se então que as formas algo atarracadas do paquete UIGE tinham resultado do facto de ter sido feito com os restos de aço que haviam sobrado do VERA CRUZ e do SANTA MARIA...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, August 06, 2008

CRUISE SHIPPING in LISBON

Cruise ship SEA PRINCESS leaving Lisbon yesterday 5 August 2008. She is one of the impressive number of cruise ships doing more than 310 calls in Lisbon in 2008, with a total of 370.000 passengers.
Today another three ships are in port with 7500 pax and 3000 crew members: the INDEPENDENCE of the SEAS, the OCEANA and the NORWEGIAN JADE.
Brand new cruise facilities and terminal are being built in the center of downtown Lisbon with opening in 2011.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

TRÊS PAQUETES COM 7500 PAX EM LISBOA

Lisboa está hoje engalanada com a presença simultânea de três grandes paquetes de cruzeiros estrangeiros que transportam mais de 7500 passageiros e 3000 tripulantes: INDEPENDENCE OF THE SEAS, OCEANA e NORWEGIAN JADE, atracados respectivamente em Alcântara, Santa Apolónia e Rocha do Conde de Óbidos.
Os navios largam da parte da tarde entre as 17 e as 18h00, proporcionando um belo espectáculo no rio.
O crescimento da actividade de navios de cruzeiros em Lisboa continua a ser uma realidade prometedora. Para este ano estão previstos cerca de 370.000 passageiros e mais de 310 escalas de navios. Para 2009 há já cerca de 250 escalas confirmadas. Em Santa Apolónia avança o novo cais de paquetes, com conclusão prevista para 2011.
Foto: o BLACK WATCH largando de Lisboa ontem, 5 de Agosto de 2008

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

ANALFABETISMO MARÍTIMO e NAVAL




















V
ale a pena ler este artigo do Sr. Almirante Vieira Matias (fazer click sobre o texto ao lado para ampliar e ler) acerca de declarações infelizes do actual Ministro da Economia sobre a compra de submarinos por Portugal.
Sem querer repetir os argumentos do Sr. Almirante que merecem total concordância, gostava de acrescentar alguns aspectos, na qualidade de cidadão indignado com o actual estado de coisas a que chegaram os assuntos do Mar em Portugal.
Para começar parece-me óbvio que o Sr. Ministro Pinho não reune condições para o desempenho do cargo que vem ocupando. O Mar tem obrigatoriamente que ser visto como prioridade em qualquer política de desenvolvimento da economia e não é aceitável de um alto responsável com uma pasta chave um nível de ignorância tão elevado e atrevido desconhecimento.
O longo processo de substituição dos submarinos da Quarta Esquadrilha, que se arrasta há anos demasiados é por si ofensivo da dignidade da Marinha, dos cidadãos interessados nos Assuntos do Mar e da eficiência que se exige à Governação. Precisamos de submarinos urgentemente e dois não são suficientes. O mínimo são três unidades, para que haja sempre uma no activo.
Neste momento temos um, o NRP BARRACUDA, que serve o País há 40 anos, e que vai ser abatido em 2009, havendo um lapso de tempo, até 2010 em que a Marinha Portuguesa não terá quaisquer submarinos em serviço. Não deveriamos nunca ter reduzido a esquadrilha das quatro unidades originais para as três que duraram mais que quaisquer submarinos congéneres nas Marinhas Europeias. Queremos mais submarinos, e também navios de superfície modernos e adequados às necessidades do País. Urgentemente. É uma vergonha obrigar as guarnições de navios como os da classe CACINE, por exemplo, ao cumprimento de missões de interesse público, quando estas unidades, de que restam 4 no activo, foram concebidas nos anos sessenta para operar no Ultramar, em África. Muitos outros exemplos se podiam referir...
Mas o Mar tem muitas outras vertentes fundamentais para além da Defesa: é urgente fomentar a Marinha de Comércio, hoje quase desaparecida. É fundamental relançar estas actividades associadas ao crescimento da Indústria Naval, pondo os estaleiros a funcionar de forma mais competitiva, com uma maior carteira de encomendas para o mercado interno. Somos totalmente dependentes do estrangeiro em termos de transportes marítimos, repetindo erros do passado que custaram muito caro ao País.
O Sr. Ministro Pinho não é obrigado a gostar de Navios e ou do Mar. Mas tem obrigação de servir o desenvolvimento e os interesses do País. E tudo isso passa pelo Mar para lá das praias, albufeiras e peixinhos. A realidade é ainda mais grave, pois o Ministro da Economia transmite uma visão de ignorância alargada da sociedade portuguesa actual face ao Mar. Há que alterar este estado de coisas a bem de todos.
E aqui para nós, para além do que acima ficou exposto, os submarinistas portugueses são uma élite merecedora do maior respeito e consideração. Não merecem tanto analfabetismo marítimo-governamental...
O assunto está aberto a comentários abaixo... Luís Miguel Correia
Texto do Sr. Almirante Nuno Vieira Matias publicado no Diário de Notícias de 2008-08-02 / Comentários indignados de L.M.Correia, cidadão independente, sem qualquer ligação formal à Marinha para além de gostar de Navios e do Mar. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Monday, August 04, 2008

TRADIÇÃO MARÍTIMA VIVA

No actual quadro de progressiva desmaritimização nacional, dá gosto referir as excepções à regra, caso dos ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO CASTELO, onde se continuam a fazer navios, na sua maior parte destinados ao estrangeiro...
A imagem foi tirada de bordo do novo paquete português ATLÂNTIDA ( em construção), a 5 de Abril de 2008...
Na Doca nº 1 encontrava-se em acabamentos finais o novo navio de passageiros espanhol VOLCAN DE TIJARAFE, construído em Vigo e acabado em Viana do Castelo. Pouco depois desta fotografia o VOLCAN fez-se ao mar de regresso à Galiza, às provas de mar e à entrega ao armador, a Naviera Armas.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia