Friday, January 22, 2010

FERNÃO NA SAGRES

Ao primeiro olhar pensei que este personagem era um clandestino bem melhor sucedido do que eu, que fui desembarcado frente a Algés e vi assim frustradas as minhas expectativas de seguir na SAGRES por esse Mundo além.
Depois percebi que era o navegador Fernão de Magalhães que segue a bordo do navio-escola SAGRES, rumo ao seu Estreito no Sul das Américas, gesto do Município de Sabrosa, em fase de abertura ao Mundo.
Não será desta ainda que o nosso bom Fernão completa a sua circum-navegação. Deve ser Sina.
Já agora, a placa devia referir o navio que está a transportar o Magalhães. E, entretanto, espera-se que este Magalhães de exportação não seja tão polémico como o do nosso Primeiro Ministro. Que tal um inquérito parlamentarzinho da oposição dirigido a quem de direito para esclarecer se há irregularidades neste processo? Quem sabe se a criação artística foi alvo de concurso ou adjudicação directa (apartidária)? O transporte do navegador cumpre as normas da UE e dos códigos politicamente correctos deste maravilhoso século XXI? Se as estrelas da Oposição descobrem o potencial de escândalo deste assunto, a nossa SAGRES ainda torna de viagem mais cedo que o previsto, e depois o melhor é pedir aos vizinhos aqui do lado que embarquem de novo o Fernão, talvez nel velero buque escuela JUAN SEBASTIÁN DE ELCANO.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check ourarchive at the right column of the main page. Click onthe photos to see them enlarged. Thanks for your visitand comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment