Tuesday, December 16, 2014

Paquete português FUNCHAL no anuário SHIPPAXDESIGNS14

Recebi hoje um exemplar do anuário SHIPPAXDESIGNS14 que inclui um artigo meu, de divulgação da reconstrução do nosso Paquete FUNCHAL. Com pesquisa de dados, texto e imagens de L. M. Correia e fotos de M. Lougie, o artigo dedica 4 páginas ao FUNCHAL destacando o significado da sua reconstrução e as características únicas deste navio ímpar na frota actual de cruzeiros. 
O anuário DESIGNS14 é uma publicação anual considerada de referência nos meios ligados a navios de passageiros e RoRo. Publicado na Suécia, em Inglês, tem circulação mundial. Prima por grande qualidade técnica e visual, pelo que me sinto orgulhoso de ver o FUNCHAL nas suas páginas, a par com o novo paquete MEIN SCHIFF 3. 
O anuário SHIPDESIGNS14 custa €120 e pode ser adquirido no site www.shippax.se.
Fotografia da primeira das quatro páginas do artigo, mostrando o FUNCHAL na sua forma actual e há 50 anos na fase inicial da sua carreira ao serviço da antiga Empresa Insulana de Navegação.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Friday, December 12, 2014

LIMA e GORGULHO pintados por Fernando Lemos Gomes

O Pintor de Marinha português Fernando Lemos Gomes acabou agora mais duas obras de referência integradas numa série de aguarelas dedicadas aos navios da antiga Empresa Insulana de Navegação (1871-1974): o velho paquete a vapor LIMA, que fez a carreira das Ilhas de 1923 a 1968, apresentado aqui a navegar ao largo da costa sul da Ilha do Pico depois de feita a escala habitual nas Lages do Pico, na década de 1960, e o navio-fruteiro GORGULHO, de 1949, apresentado na gravura a entrar no porto de Ponta Delgada com o casco cinzento original.  
Ambos os trabalhos são muitos bonitos e rigorosos no que toca à apresentação dos navios, não escapando nenhum detalhe a Mestre Lemos Gomes.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Cruise ship FUNCHAL as seen by Burkhard Schütt


Bukhard Schütt is a well known ship model maker and photographer of ships based in München, Germany and over the years Herr Schütt has provided ship enthusiasts with a countless number of models of passenger ship in the classic 1:1250 scale. Dipl. Ing. (FH) Burkhard Schütt is also a great admirer of the Portuguese passenger shipping traditions and he visited Lisbon three times this year all visits being associated to cruises on the Portuscale Cruises passenger ships AZORES and FUNCHAL. 

One of those cruises departed Lisbon on 18 September bound for the Med for 15 days. Back in Lisbon on October 3, Mr. & Mrs. Schütt told me this cruise was their best vacation ever. This enthusiasm is translated to absolute perfection by a generous sellection of more than 2000 photographs just posted on a special page dedicated to our beloved FUNCHAL and the art of cruising the way it used to be. It will take hours for someone to see all the images, but it is a must. The images are just magnificent, the FUNCHAL is as beautiful as ever and in the end we only wish we could have been there. Check it all here..., and enjoy. Thanks a lot, Burkhard Schütt.
The photograph of the Schütts was taken on board the FUNCHAL in Lisbon on 18 September 2014, the cruise of their lifetime was just about to begin and Luís Miguel Correia went on board just to wish Bon Voyage.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, December 11, 2014

Ainda e sempre o nosso FUNCHAL

Ainda e sempre o nosso FUNCHAL, fotografado atracado ao cais da Rocha na manhã de 9 de Dezembro de 2014, com ar tranquilo e elegante. O FUNCHAL está a concluir um período de manutenção técnica e vai sair de Lisboa a 28 de Dezembro no seu tradicional cruzeiro de Fim de Ano à Ilha da Madeira, este ano com escala no Porto Santo a 30 de Dezembro. Uma viagem a não perder.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

NRP ESCORPIÃO (P1152)


Esta imagem, colhida num momento único a 9 de Dezembro de 2014, mostra o mais escorpiónico dos navios da nossa Armada, o Patrulha NRP ESCORPIÃO a medir forças com o paquete QUEEN MARY 2 no Tejo. Caso para se dizer que os navios não se medem aos palmos... 
E que bonito fica o Tejo cheio de navegação...

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Tuesday, December 09, 2014

QUEENs de novo em Lisboa

Os três navios da companhia Cunard, QUEEN MARY 2, QUEEN ELIZABETH e QUEEN VICTORIA visitam novamente Lisboa nos próximos dias: o QM2 está hoje no Tejo, chegou às 8h00 e larga pelas 17h00 do Jardim do Tabaco; o QUEEN ELIZABETH volta ao Tejo na Sexta-feira e o seu irmão QUEEN VICTORIA no Domingo. Não atracam todos juntos no mesmo dia como aconteceu a 6 de Maio, mas sempre é bom voltar a receber a frota da Cunard em Lisboa num período de tempo tão curto, e esta manhã o QUEEN MARY 2 apresentava o aspecto magnífico de sempre.
Foto: o QUEEN MARY 2 subindo o Tejo na manhã de 9 de Dezembro de 2014, fotografado por Luís Miguel Correia.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Friday, December 05, 2014

A última viagem do USS CONSTELLATION


O antigo porta-aviões norte americano USS CONSTELLATION (CV 64) tem estado a fazer uma derradeira viagem de 16 000 milhas náuticas, da costa oeste dos EUA para o Texas, via Cabo Horn, a reboque, a uma velocidade média de 5 nós. A 5 de Novembro a NASA fez a imagem que reproduzimos, mostrando o navio próximo do Cabo mais famoso da América do Sul.

Retirado do serviço activo em 2003, o CONSTELLATION manteve-se na reserva em "naftalina" até à sua venda este ano, para desmantelamento, que obrigou à viagem à volta da América do Sul por as suas dimensões não possibilitarem o transito pelo canal do Panamá. Ver a história e características do CONSTELLATION aqui.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

AZORES, VALENTE e ZÉZITO...


O entardecer de 4 de Dezembro de 2014 proporcionou esta fotografia luminosa e atmosférica tirada junto à ponte rotativa da Rocha do Conde de Óbidos, no Porto de Lisboa, com os rebocadores VALENTE e ZÉZITO em primeiro plano e o paquete AZORES de regresso à Doca 1 do estaleiro Navalrocha.

O AZORES está a ser submetido a diversas reparações, com destaque para mais uma reclassificação (grande revisão a que os navios são submetidos obrigatoriamente de 5 em 5 anos). O navio entrou em doca a 7 de Outubro e a 17 de Novembro saiu do estaleiro atracando ao cais de Alcântara, esteve nos últimos dias no Mar da Palha e a 3 de Dezembro retornou à doca seca. O AZORES deixa Lisboa em Janeiro de 2015 para um programa de cruzeiros destinado ao mercado britânico fretado à companhia Cruise & Maritime Voyages.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, December 04, 2014

Arte Marítima no Funchal

Três exemplos de "Arte Marítima" no paredão do molhe da Pontinha, no Porto do Funchal, com ilustrações do navios SEDOV, ALBATROS e o nosso FUNCHAL.

Imagens registadas no Funchal a 22 de Novembro de 2014 por Luís Miguel Correia.


Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia 

Porta-contentores INSULAR no Caniçal


Porta contentores português INSULAR atracado no porto do Caniçal na manhã de 21 de Novembro de 2014, com as cores da empresa Box Lines na chaminé.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Sail training ship FALKEN


Aspectos do navio-escola sueco FALKEN a chegar ao Funchal a 26 de Novembro de 2014.

The Swedish Navy sail training ship FALKEN arriving at Funchal, Madeira Island, on 26 November 2014.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia


Rebocador MADEIRA


Rebocador MADEIRA fotografado no porto do Funchal a 26 de Novembro deste ano, em serviço de apoio aos trabalhos portuários a decorrer no principal porto madeirense.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia 

Patrulha CACINE no Funchal


Patrulha NRP CACINE (P1140) atracado no porto do Funchal a 26 de Novembro último, em mais uma comissão de serviço em águas da Região Autónoma da Madeira. Dos 10 patrulhas desta classe, restam 3, o CACINE, o CUANZA e o ZAIRE.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

NEW ZEALAND LINE

Beautiful poster of the RMS RANGATIRA, one of the passenger mail ships owned by the New Zealand Shipping Company Limited and operated on regular voyages from the UK to New Zealand via the Panama Canal. It was all over in 1969.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Catraia SANTA MARIA DOS ANJOS

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Saturday, November 29, 2014

Recordando o INFANTE DOM HENRIQUE

Em dia de sol em Lisboa talvez para nos aquecer a alma e distrair dos pântanos político-económicos em que as últimas semanas de 2014 se têm caracterizado, proponho uma viagem e longo curso de Lisboa até à Beira e regresso, no nosso maior e mais belo navio de passageiros: o paquete INFANTE DOM HENRIQUE, navio-almirante da Companhia Colonial de Navegação. É um exercício impossível porque o navio desapareceu há muito mas imagine-se que este contemporâneo do FUNCHAL tinha tido melhor sorte, e ainda se
podia embarcar no Cais da Rocha numa das suas viagens redondas que hoje seriam um cruzeiro inesquecível: Lisboa, Funchal, Luanda, Lobito, Cidade do Cabo, Lourenço Marques e Beira. O regresso era feito pelos mesmos portos e a viagem redonda demorava 45 dias.
O INFANTE DOM HENRIQUE foi o maior dos quatro navios de passageiros construídos expressamente para armadores portugueses no ano de 1961, com os paquetes PRÍNCIPE PERFEITO, FUNCHAL e o inesquecível PONTA DELGADA, versão em miniatura do FUNCHAL.
Curiosamente apenas o INFANTE não foi projectado pelo Eng. Construtor Naval Almirante Rogério de Oliveira.
De todos estes paquetes, o FUNCHAL tem sido o mais feliz, apesar de diversos períodos de incerteza ao longo dos 53 anos de existência, ainda navega para agrado de muitos passageiros.
O PRÍNCIPE PERFEITO terminou a sua última viagem para a Companhia Nacional de Navegação em Junho de 1975 e foi vendido no ano de 1976, embora tenha levado depois uma existência apagada, com períodos de utilização estática como hotel-flutuante e muitos anos de imobilização na Grécia e um derradeiro encalhe fatídico na praia de Alang, India, local próximo de Diu, a 8 de Junho de 2001.
O INFANTE terminou a última viagem comercial em Lisboa em Janeiro de 1976 e foi vendido no ano seguinte para serviço estático em Sines, de onde regressou em 1986, depois de comprado pelo armador George Potamianos. Seria transformado em navio de cruzeiros, e navegou de 1988 a 2000 com os nomes VASCO DA GAMA e SEAWIND CROWN, acabando arrestado em  Barcelona de Setembro de 2000 e Dezembro de 2003, quando seguiu para a China para ser demolido, com o nome BARCELONA e bandeira da Geórgia. O saudoso (no ponto de vista dos Homens do Mar) Almirante Américo Tomás, grande patrocinador do ressurgimento marítimo português durante a Segunda República, que acompanhou a chegada do INFANTE ao Tejo em Setembro de 1961, no seu automóvel, desde o Guincho até Lisboa, teria morrido outra vez se sonhasse que o INFANTE ia acabar embandeirado numa antiga república Comunista...
Claro que se em 1974-75 não se tivesse entrado em espiral de desmaritimização a toda a força à vante, tanto o INFANTE como o PRÍNCIPE teriam sido viáveis como navios de cruzeiros, se devidamente geridos e reconvertidos, de preferência substituindo-se as máquinas a vapor originais por motores diesel e modernizando-se os alojamentos para passageiros. Ambos estes navios tinham grande prestígio na África do Sul, onde chegaram a efectuar temporadas de cruzeiros com bastante sucesso, e poderiam ter operado nesse mercado e no mercado europeu a partir de Inglaterra e Holanda, por exemplo, com algumas viagens oceânicas Europa - África do Sul, para as quais havia passageiros, e em cujo segmento passariam a não ter concorrência com a retirada dos paquetes da Union-Castle e Safmarine, em 1975-77, quando foram substituídos por porta-contentores.
Mas não foi assim, porque faltou a visão aos armadores portugueses e a vontade de preservar e desenvolver as actividades marítimas em Portugal, quadro que ainda se mantém, infelizmente.
A culpa não é exclusivamente atribuível aos personagens do 25 de Abril, pois a vontade de vender os paquetes e a venda efectiva da maior parte deles foi anterior, iniciada em 1970.
Portugal não soube preservar e desenvolver as políticas de negócio marítimo e Marinha Mercante, e da frota antiga salvou-se o FUNCHAL por milagre. É que quando o navio parou em Agosto de 1972 com a segunda avaria nas caldeiras, a primeira ideia da Administração da Empresa Insulana de Navegação foi ver-se livre do paquete. Esse rumor chegou ao Palácio de Belém, e o Presidente pegou no telefone, ligou para a sede da Insulana (então detida pela Sociedade Financeira Portuguesa) e disse que nem se atrevessem a pensar em vender o FUNCHAL depois de lhes acabar de ser atribuído direito de tráfego nas linhas de África pelo Governo. Alguém se pôs de pé e o FUNCHAL acabou remodelado para cruzeiros na Holanda e ainda navega...
Que pena que o mesmo não tivesse acontecido com o INFANTE DOM HENRIQUE, o PRÍNCIPE PERFEITO e diversos outros paquetes portugueses, mas como diz o Povo, Portugal pode ser um País de Marinheiros (será?) mas seguramente não tem sido uma terra de Armadores... Que fazem muita falta no actual contexto de vontade sebastiânica de regresso ao mar...
Hoje dava tudo para ir ao Cais da Rocha e embarcar no INFANTE DOM HENRIQUE, acreditem. Mas, nem tudo é mau, está lá o FUNCHAL no qual vou embarcar a 28 de Dezembro para o cruzeiro de fim de Ano à Madeira. O navio está quase cheio, mas ainda pode fazer a sua reserva aqui...
Fico à sua espero a bordo do FUNCHAL, vai gostar do navio, do ambiente, da viagem e do final do ano na baía do Funchal, e bem precisamos de entrar o ano de 2015 com o pé direito...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Wednesday, November 19, 2014

LISTA DOS NAVIOS MERCANTES NACIONAIS





Capa da edição de 1956 da LISTA DOS NAVIOS MERCANTES NACIONAIS, uma publicação da antiga Junta Nacional da Marinha Mercante que sobreviveu aos anos como memorabília do Estado Novo e como testemunho em forma de estatística de uma época em que se reconhecia oficialmente a importância estratégica da indústria de transportes marítimos, muito para além da sua acção no espaço económico português, da Europa às Ilhas e ao Ultramar. É a época em que se procura assegurar com navios e marinheiros portugueses o transporte dos produtos petrolíferos, com a SOPONATA desde 1947 e a partir de 1960 também com a Sacor Marítima, para além do apoio ao comércio externo, com carreiras regulares para as Américas, o Norte da Europa, etc...

 Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Tuesday, November 18, 2014

Paquetes transpacificos da companhia Canadian Pacific

Até ao início da Segunda Guerra Mundial, a companhia Canadian Pacific operou uma carreira regular entre Vancouver, na costa oeste do Canadá, e o Extremo Oriente, com escalas nos portos de Victoria, Honolulu, Yokohama, Kobe, Hong Kong, Manila e Shanghai, utilizando diversos paquetes cujos nomes começavam todos por "EMPRESS", o maior dos quais, o EMPRESS OF JAPAN, aparece a ilustrar o cartaz.

Curiosamente este navio mudou nome para EMPRESS OF SCOTLAND durante a guerra e em 1957 foi vendido à Alemanha, passando a ser o HANSEATIC (1957-1966), que foi profundamente modernizado e ficou com apenas duas chaminés.

Após a guerra, a Canadian Pacific não retomou esta carreira, limitando os serviços de passageiros de longo curso à carreira Liverpool - Montreal e a cruzeiros, actividades que manteve até Novembro de 1971. O seu último paquete, o EMPRESS OF CANADA de 1961, foi depois vendido em Fevereiro de 1971 a uma obscura empresa criada na altura nos EUA para operar nas Caraíbas, a Carnival Cruise Lines.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Sunday, November 16, 2014

AMERICAN PRESIDENT LINES


Belo cartaz publicitária da companhia norte americana American President Lines divulgando o porto de Manila, nas Filipinas, como um dos 50 destinos servidos pela frota da companhia, que tinha sede em São Francisco e depois da segunda guerra mundial teve grande importância nas carreiras transpacificas de passageiros e carga. Tanto os paquetes como os cargueiros (mistos, levavam 12 passageiros) tinham nomes de presidentes dos EUA.

A American President Lines ainda existe mas há muito que deixou de ser americana, depois d ecomprada por uma empresa de Singapura, a Neptune Orient Lines, se a memória me não falha.
No início da década de 1970 lembro-me de ver passarem por Lisboa, em grandes cruzeiros turísticos, os paquetes desta companhia PRESIDENT ROOSEVELT, PRESIDENT CLEVELAND e PRESIDENT WILSON, mas foi sold e pouca dura, o primeiro foi vendido à Chandris e transformado no ATLANTIS, os outros dois foram para a frota da Orient Overseas Lines, de Hong Kong.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

MAR DA PALHA


Mar da Palha, frente a Lisboa, com o navio abastecedor da Marinha Portuguesa NRP BÉRRIO fundeado e o catamaran S. JULIÃO, da Transtejo na sua travessia do Terreiro do Paço para o Montijo. Fotografia tirada de bordo do paquete MSC PREZIOSA atracado ao cais do Jardim do Tabaco, na tarde de 14 de Novembro de 2014.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Saturday, November 15, 2014

Lisbon True Paradise...


Yesterday, 14 November 2014 I sampled the very best of Paradise enjoying the breathtaking views the Port of Lisbon offered to the 10 000 visitors aboard the cruise ships MSC MAGNIFICA and MSC PREZIOSA on their positioning voyages to South America. No better way to say farewell to the old Europe than a departure from the old Atlantic capital of maritime Europe, the magnificent city/port of Lisbon.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Thursday, November 13, 2014

CALEDONIEN e TAHITIEN

A companhia de navegação francesa MESSAGERIES MARITIMES utilizava uma bela frota de paquetes mistos em numerosas carreiras de longo curso, transportando passageiros, correio e carga geral.
Uma dessas carreiras era a linha Marselha - Ilhas do Pacífico - Sydney, assegurada durante cerca de vinte anos pelos paquetes CALEDONIEN e TAHITIENT, que fazia a viagem pelo Canal do Panamá e incluíam escalas pelo porto do Funchal à ida e no regresso, onde me lembro de ver estes navios de casco e chaminé preta.
Acabaram ambos vendidos a interesses gregos e um deles navegou muitos anos em cruzeiros com o nome ATALANTE.
As Messageries Maritimes utilizavam com muita frequência material gráfico de grande qualidade artística, caso deste postal.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

Monday, November 10, 2014

Tantos navios no Tejo...

Tantos navios no Tejo este Domingo. Não que tenham sido assim tantos, no nosso rio cabiam muitos mais, mas os cais não estiveram vazios e o FUNCHAL teve que fundear no Mar da Palha para dar o lugar ao ASTOR. 
Podiam ser mais como noutros tempos em que os cais estavam todos ocupados e  se esperava ao largo vaga para atracar. 
Hoje há muito cais perdido para os navios e a navegação, um, em Santos até acabou convertido em pista de bicicletas, para gáudio de atletas domingueiros fardadinhos de lícra a rigor e com ares beatíficos de quem com umas pedaladas e algum desprezo salva o mundo das heresias habituais.
Mesmo sem bicicleta operacional, fartei-me de fotografar este Domingo. 
Aqui fica uma amostra das imagens registadas...























Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia