Tuesday, January 11, 2011

COIMBRA EM LISBOA

Acabado de aterrar em Lisboa vindo do Funchal e o arrastão COIMBRA a entrar a barra do Tejo para docar e reparar no estaleiro da Rocha (NAVALROCHA). O ano fotográfico não podia começar de melhor maneira em Lisboa...
O COIMBRA é um dos arrastões bacalhoeiros que souberam resistir às doces tentações da desmaritimização corporizadas na pesca com cheques generosos comparticipados pela UE e o Estado Português após integração do nosso País na União Europeia sem se ter negociado nem defendido as pescas condignamente. 
Em poucos anos desmantelou-se a frota do almirante Tenreiro, trocaram-se bacalhoeiros por Porches e finda a história sobraram treze resistentes - 13 verdadeiro número da sorte para os nossos bacalhoeiros - tal o número de navios que ainda temos a operar na pesca longínqua. E parece que ganham dinheiro, volta a Aveiro ou Vigo sempre carregados apesar de quase todos serem velhos, a rondar os 40 anos de mar. É o caso do COIMBRA, construído em 1973 nos Estaleiros S. Jacinto e que agora vem pintar e reparar a Lisboa, porque a doca da Navalria passou a estar ocupada na construção de navios. 
Fotografias da chegada do COIMBRA a Lisboa no dia 4 de Janeiro de 2011.


Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia 
Post a Comment