Tuesday, August 09, 2011

Muito Mar, Poucos Navios

Dizia-me há dias um amigo estrangeiro que Lisboa é o centro do mundo marítimo, que quase toda a navegação passa a curta distância do Tejo, que não há muitos portos naturais como este. 
Tudo isso é verdade.
Não se compreende por que razões este nosso coração do mundo marítimo está tão vazio de navios, de talentos nauticos e afins.
Imagem do Mar da Palha deserto, com o último sobrevivente da frota de paquetes portugueses atracado à Matinha, em reconstrução, por iniciativa de um Amigo estrangeiro.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

2 comments:

José Castro said...

Caro Luís Correia,ao acabar de ler o seu post,fico com imensa saudade de tempos que já lá vão e vivi no belo Tejo,em partidas com tristeza e euforia nas chegadas, sempre com muitos navios Portugueses e não só,mas com as políticas da atualidade creio que nunca mais seremos como em tempos de outrora...
Saudações marinheiras.
J.C.

BERMAXO said...

Siempre atentos a la publicaciones desde tu blog saludos