Friday, August 05, 2011

Nova estação marítima avança em Leixões


Depois da inauguração recente do novo cais, pelas 12 horas de hoje, 5 de Agosto, o Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, efectua a sua primeira visita oficial ao Porto de Leixões assinalando a adjudicação da construção do edifício do Terminal de Cruzeiros de Leixões e Parque de Ciência e Tecnologia do Mar, um investimento de 25 milhões de euros  co-financiado pelo Programa Operacional Regional do Norte.
Reforçando a aposta estratégica oficial de Portugal no Mar, o Parque de Ciência e Tecnologia do Mar é uma parceria entre o porto, a câmara de Matosinhos e a universidade do Porto dedicada à exploração do potencial científico e económico do Mar, cujas potencialidades não estão ainda totalmente identificadas ou quantificadas, mas parece não darem prioridade ao desenvolvimento da Marinha de Comércio Nacional.
Dá-se assim início à segunda fase do Terminal de Cruzeiros de Leixões com a construção do edifício que irá acolher a Estação de Passageiros e espaços de investigação e divulgação científica da Universidade do Porto, no âmbito do projecto do Parque de Ciência e Tecnologia do Mar. 
Encerrado o concurso público, a empreitada de construção do edifício do Terminal de Cruzeiros de Leixões será adjudicada ao consórcio constituído pelas empresas OPWAY, Engenharia SA e Ferreira – Construção SA, por 24,85 milhões de euros e um prazo de construção de 24 meses.
Após uma reunião de trabalho com a Administração dos Portos do Douro e Leixões, o Secretário do Estado do Mar fará uma breve visita às instalações do Porto que culminará no local do futuro edifício (Molhe Sul do porto de Leixões, Matosinhos). Será aí, pelo meio-dia, que Manuel Pinto de Abreu irá assinalar a adjudicação da empreitada, numa cerimónia que contará ainda com a presença do presidente da APDL e do reitor da Universidade do Porto.
Por questões de segurança impostas pelos americanos e disseminadas pela organização marítima internacional, os jornalistas que desejem fazer a cobertura da cerimónia terão de ser previamente credenciados, pelo e-mail imprensa@apdl.pt, com indicação de nome e número de Bilhete de Identidade de cada um dos profissionais que estarão presentes. Convém igualmente que os jornalistas façam prova de boa conduta, assinem um documento de adesão à situação política e jurem não dizerem nunca mal do porto que vão visitar. Da última vez que o BNM tentou uma credenciação junto da APDL não obteve resposta à mensagem de correio electrónica enviada, apesar de cumprir quase todos os critérios referidos anteriormente e ser um entusiasta inequívoco do Mar e dos Portos.
Os jornalistas são entretanto avisados de que, por questões de segurança, não é permitida a deslocação a pé naquele local. A informação oficial da APDL em que se baseia esta nossa peça é omissa relativamente ao estatuto securitário a aplicar aos jornalistas que se desloquem ao Porto de Leixões de barco. 
A conclusão do novo terminal de cruzeiros de Leixões, com a edificação da gare de passageiros, vai proporcionar melhores condições aos navios de cruzeiros que em número crescente vão escalando aquela infraestrutura portuária, permitindo a manobra e atracação a unidades de maiores dimensões sempre que as condições de tempo não ponham causa a segurança dos navios e passageiros.
O BNM aproveita a ocasião festiva para dar os parabéns aos muitos Amigos nortenhos por tão feliz ocasião. Que o futuro traga muitos navios a Leixões e a águas portuguesas.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment