Tuesday, August 02, 2011

O cargueiro SOFALA de 1973

O navio de carga rápido SOFALA e o seu irmão gémeo SÃO TOMÉ foram os últimos navios encomendados expressamente pela Sociedade Geral, no ano de 1971.
Foram construídos na Polónia e concebidos expressamente para substituirem quatro cargueiros da classe "A" na linha Norte da Europa - Angola. O SOFALA era um navio de carga geral de 11.793 toneladas de porte bruto, muito bem equipado e rápido, estando já preparado para transportar cargas unitizadas, isto é paletes e contentores. Foi entregue à Companhia Nacional de Navegação, em 1973 e registado na Capitania do Porto de Lisboa a 8 de Junho de 1973. 
Infelizmente a sua entrada em serviço marcou o fim de uma época para a Marinha Mercante portuguesa que pouco depois enfrentou um conjunto de factores negativos que se traduziram numa desmaritimização prolongada e dramática, com a perda generalizada de mercados e redução da frota até à situação actual em que os nossos navios de carga se limitam a assegurar carreiras para as Ilhas e a fazer a cabotagem europeia (Naveiro). O desmantelamento da frota petroleira agravou este quadro embora se registe alguma actividade nos mercados internacionais com o transporte de graneis sólidos, principalmente protagonizados pela Portline. 
O SOFALA serviu a Companhia Nacional apenas durante 9 anos, tendo sido vendido em 1982 para Israel, passando a chamar-se TAPUZ. Acabou por ser desmantelado na India em 1992. Anteriormente, de 1943 a 1968, a CNN integrou na sua frota um outro SOFALA, o antigo cargueiro alemão ALLER, que seria comprado em Maio de 1943 em Moçambique onde se tinha refugiado no início da segunda guerra mundial. A nossa frota foi assim enriquecida com diversos navios alemães, comprados a peso de ouro, mas que prestaram serviços relevantes reforçando a capacidade transportadora num período de emergência devido à guerra em que só nos foi possível contar com navios próprios. Pena foi que na altura não tivesse sido possível comprar os navios alemães surtos em Mormugão, que foram sabotados pelas próprias tripulações quando estavam em curso negociações para a sua compra por Portugal.
O primitivo SOFALA era um grande navio de quatro mastros e 10.000 de porte bruto, que tinha a particularidade de governar mal. Imagens do SOFALA de 1973 em Lisboa.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment