Monday, August 20, 2012

FUNCHAL na Matinha

Durante quase 5 anos o maior paquete francês do pós-guerra, o lendário FRANCE permaneceu esquecido num cais obscuro algures no porto do Havre - Quai de L'Obli - imobilizado à espera de renascer para a vida de grande paquete de cruzeiros pela mão do armador Kloster.
Em Lisboa a velha ponte-cais da Matinha serve de refúgio a outro paquete da mesma época do FRANCE, o nosso FUNCHAL, igualmente parado por circunstâncias indesejadas, desde Setembro de 2010. Os dias, as semanas e os meses vão passando e a Matinha transforma-se no Cais do Esquecimento português. Não que o FUNCHAL esteja esquecido, apenas as circunstâncias difíceis da actualidade parecem não querer poupar o último dos paquetes clássicos portugueses. Vale a pena acreditar que o FUNCHAL tem de facto o futuro de paquete de luxo que foi o último sonho do seu armador dedicado, George P. Potamianos. Os seus sucessores à frente da Classic International Cruises não desistiram ainda de relançar o FUNCHAL de volta aos cruzeiros internacionais. Esperemos que o dinheiro necessário à finalização da modernização acabe por ser disponibilizado, faz falta um navio como o FUNCHAL.
O FRANCE esteve imobilizado atracado ao que ficou conhecido por "Quai de L'Obli" de 19 de Dezembro de 1974 até 18 de Agosto de 1979, quando foi rebocado para Bremerhaven, já com o nome NORWAY pintado no casco desde o dia 31 de Julho anterior. Seguiu-se a renovação no estaleiro Lloyd Werft e uma longa e bem sucedida carreira como navio de cruzeiros com o nome NORWAY. O FUNCHAL teve diversas imobilizações técnicas e comerciais ao longo dos mais de 50 anos de existência, mais nenhuma tão prolongada como a actual. Que tudo se conjugue para que volte a navegar cheio de passageiros...
Fotografias registadas a 15 de Agosto de 2012 a partir de Cabo Ruivo.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment