Friday, October 19, 2012

Revisitar o paquete INFANTE DOM HENRIQUE

Foi o maior navio de passageiros português e cruzou os oceanos Atlântico e Indico de 1961 a 1976 com o nome INFANTE DOM HENRIQUE. Seguiu-se um desterro caro e triste em Sines e um verdadeiro renascimento como VASCO DA GAMA em 1988. 
Enquanto navegou, o INFANTE foi um daqueles navios únicos que com a sua presença dignificam de uma forma especial o nome de Portugal por todos os portos das suas navegações. Infelizmente foi desaproveitado pelo nosso País e uma das vítimas mais estúpidas do processo de Desmaritimização iniciado em 1975. Resta a memória de tantos passageiros e tripulantes de outros tempos e a possibilidade de revisitar o navio na sala da Marinha Mercante do Museu de Marinha de Lisboa, onde está exposta uma belíssima maquete do INFANTE e duas importantes obras de arte concebidas para a decoração original do navio: o painel de esmaltes de Ramos Chaves sobre cartão de Manuel Lapa, que integrou até 1976 o salão de jantar da primeira classe, e o Estaleiro de Naus, políptico do pintor Júlio Pomar que sobressaia no salão de música da primeira classe do INFANTE DOM HENRIQUE.



Os elementos decorativos do paquete INFANTE DOM HENRIQUE serão amanhã, 2o de Outubro, pelas 11H00, tema de uma conversa informal no Museu de Marinha, promovida pelo respectivo Grupo de Amigos e proferida por Teresa Tavares, que investigou o assunto no respectivo mestrado.
Mais informações aqui. Mais elementos relativos ao N/T INFANTE DOM HENRIQUE aqui.
Depois da palestra, porque não uma visita à sala da Marinha Mercante? Mesmo ali no nosso Museu de Marinha... 


Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment