Sunday, March 17, 2013

ARION em Lisboa

O paquete português ARION regressou a Lisboa no dia 15 deste mês de Março depois de ter sido libertado dos arrestos que pendiam sobre esta antiga unidade da Classic International Cruises no porto montenegrino de Bar, no mar adriático.
O processo e as negociações com as autoridades locais foram conduzidas no  Montenegro pelo novo armador, Rui Alegre, com pleno êxito.
O navio saiu de Bar a 9 de Março pelas 12h00 e entrou no Tejo precisamente às 10H31 de 15, atracando no antigo cais da pedra, em Santa Apolónia, depois de ter sido recebido festivamente com bandeiras, apitos e jactos de água por dois rebocadores da companhia Svitzer, que escoltaram o ARION de Alcântara até Santa Apolónia.
Entretanto está em curso o resgate dos paquetes ATHENA e PRINCESS DANAE, que ainda estão presos em Marselha, mas já se encontram de novo guarnecidos por tripulações portuguesas. Estes navios deverão vir para Lisboa no decurso das próximas semanas. 
O resgate destes navios e do FUNCHAL que terão agora um futuro promissor em mãos portuguesas deve-se à acção de uma nova empresa constituída em Lisboa na sequência de acordo entre o banco Montepio Geral, principal credor das empresas ligadas à CIC e aos herdeiros de Goeorge Potamianos, e o empresário Rui Alegre, que neste processo vem sendo apoiado pelo oficial da marinha mercante Cte. António Caneco. Assim, foi constituída no dia 27 de Fevereiro deste ano a empresa PORTUSCALE CRUISES - Cruise Management Lda., que já tem escritório a funcionar no Chiado, em Lisboa, e inclusive já deu emprego a diversos colaboradores da CIC, que se encontravam desempregados desde Novembro quando foi fechado o escritório da Av. 24 de Julho.


A prioridade da nova empresa é retomar a actividade de cruzeiros internacionais o mais depressa possível, pondo a navegar os quatro navios após as indispensáveis reparações e alterações e a conclusão da reconstrução do FUNCHAL.
Os navios vão continuar com bandeira portuguesa e foram entretanto constituídas na Madeira a 11 de Janeiro último, quatro novas companhias para as quais está a ser transferida a propriedade dos paquetes: Islands Cruises, Coral Cruises, Pearl Cruises e South Coast Cruises.

As iniciativas associadas aos navios da ex-CIC e às novas empresas de Rui Alegre são uma notícia extremamente positiva no panorama da economia do mar em Portugal, de que tanto se fala ultimamente, mas de forma geralmente vazia e idiota, sem consequências práticas. Investir em navios e desenvolver a marinha mercante de passageiros, isso sim é falar de regresso ao mar. Parabéns aos envolvidos que tão bem estão a recuperar a herança de um grego amigo de Portugal - George Potamianos.





Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment