Tuesday, March 05, 2013

Navegação no Tejo - Outubro 1997

Fiz a minha primeira fotografia de navios em 1970. De então para cá tenho registado em imagens a vida do nosso rio e navegações respectivas. Nestes 43 anos as mudanças foram tremendas, mas isso será tema para outras abordagens, ou para umas memórias, daqui a mais uns anos. De um envelope de fotografias feitas a 6 de Outubro de 1997, digitalizei esta, tirada do meio do Tejo...
Em primeiro plano o navio de passageiros ALENTEJO, iluminado pelo sol a entardecer, a navegar rumo ao Terreiro do Paço, em mais uma viagem do Barreiro. O paquete atracado a Santa Apolónia é o AIDA, primeiro navio novo da Aida Cruises, e que actualmente se chama AIDAcara. Pela sua proa escondem-se dois rebocadores da Socarmar, o de fora parece o NIPON. Os dois cargueiros "SD 14" atracados de braço dado são os navios angolanos HOJI YA HENDA (ex-ANAX, construído em 1976 e desmantelado em Alhos Vedros em 2003) e o EBO (ex-RIO CONQUISTA, construído em 2008 no Brasil e desmantelado na Índia em 2009). Estes cargueiros faziam parte da frota da empresa estatal angolana Angonave, que perdeu a frota em 1993 e 1994, com os navios arrestados em diversos portos da Europa. O EBO ainda chegou a ser comprado por interesses portugueses em parceria com um angolano, foi reparado em Lisboa, mas o custo das reparações levaram à falência da empresa portuguesa, a TMP, em parte, ao que se disse na altura, por dificuldades com o parceiro angolano. O LISA L ex-EBO acabou vendido em Lisboa e ainda navegou até 2009.
Olhando a margem, destacam-se dois testemunhos do estilo "pato bravo" que marcou as últimas décadas e esteticamente poderiam ser enquadrados num movimento de arquitectura rasca... Estetas da mesma escola terão pintado os navios de passageiros da CP - tão elegantes nas cores originais - com os cascos azuis e as riscas oblíquas brancas, num ensaio totalmente desrespeitador das linhas arquitectónicas clássicas do ALENTEJO e dos seus cinco irmãos. As chaminés verdes da Soflusa também não melhoraram nada, mas mesmo assim, modernizados com roupagem duvidosa,estes naviozinhos deixaram saudades quando foram retirados do serviço em 2004, substituídos pelos catamarãs de Singapura, mais rápidos e muito caros...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment