Sunday, July 14, 2013

Carreira Lisboa - Nova Iorque


Em 1955 viajava-se de Lisboa para os Estados Unidos nos paquetes das companhias Itália (principalmente os gémeos SATURNIA e VULCANIA) e Greek Line (NEA HELLAS e OLYMPIA), todos com viagens regulares para Nova Iorque e, nalgumas viagens, escalas pelos Açores. Anúncio de saídas da companhia Itália de Julho de 1955.

O Ministro da Marinha queria que Portugal participasse neste tráfego de prestígio e com capacidade para canalizar turistas americanos para Portugal, e chegou a estar prevista a construção de dois paquetes de cerca de 20 000 toneladas, mas infelizmente aideia não vingou. Apesar disto, em 1956 a Companhia Colonial de Navegação prolongou a sua carreira da América Central até à Florida, passando os paquetes SANTA MARIA e VERA CRUZ a visitar regularmente Port Everglades, serviço que se manteve até Abril de 1973. E foi um ero grosseiro retirar o SANTA MARIA, quando podia ter permitido uma entrada de interesses portugueses no mercado de cruzeiros, então emergente, dos EUA e Caraíbas. Foi o que a principal concorrente da Colonial na linha da América Central fez, com o FEDERICO C, mas nós preferimos nada fazer para além de mandar para a sucata um paquete magnífico com menos de 20 anos de serviço. Bastava melhorar um pouco os camarotes e principalmente substituir as turbinas a vapor por motores diesel, como a Costa fez com o CARLA C (em Amesterdão, no mesmo estaleiro que converteu o nosso FUNCHAL) e diversificar as actividades para bem de todos...
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment