Friday, January 17, 2014

Terminal de cruzeiros de Lisboa

A APL - Administração do Porto de Lisboa, anunciou ontem, 16 de Janeiro de 2014, que foi adjudicada a concessão do terminal de cruzeiros de Lisboa ao consórcio que junta a empresa turca Global Liman Isletmeleri, o Grupo Sousa, do Funchal, a Royal Caribbean Cruises a empresa da Catalunha Creuers del Port de Barcelona, o único concorrente.
Em comunicado, a Administração do Porto de Lisboa (APL) refere que decidiu adjudicar a concessão de serviço público no terminal de cruzeiros de Lisboa ao consórcio constituído pela Global Liman Isletmeleri, Grupo Sousa Investimentos, Royal Caribbean Cruises e Creuers del Port de Barcelona, tendo o júri do concurso considerado, por unanimidade, que a proposta do único concorrente "se enquadra nos critérios estipulados nos termos do procedimento".
O "futuro concessionário propõe-se pagar à APL 300 mil euros por ano de taxa fixa e 0,22 euros por passageiro de taxa variável", segundo um comunicado divulgado hoje.
A ideia de concessionar os terminal de cruzeiros de Lisboa surgiu como forma de se avançar com a construção do novo terminal de Santa Apolónia / Jardim do Tabaco, na sequência da crise do Estado Português, quando deixou de haver dinheiro para este tipo de investimentos públicos. Na altura ficou também por se fazer o prolongamento de 140 metros de cais para juzante do Jardim do Tabaco até à Doca da Marinha.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment