Tuesday, January 13, 2015

Doca de Alcântara


Aspecto da Doca de Alcântara com as embarcações de recreio que todos os dias dão à maior doca do porto de Lisboa a funcionalidade de porto de recreio, com o navio de passageiros ÓPERA atracado ao cais norte, que durante décadas serviu de entreposto colonial. Era nesse cais que os cargueiros e paquetes descarregavam as mercadorias ultramarinas, numa coreografia de guindastes, batelões, fragatas, rebocadores, etc..., tudo isto antes das independências e da contentorização, fenómenos do século passado, de um tempo em que muitos dos navios em porto eram portugueses.

Português continua a ser o ÓPERA, que de vez em quando se passeia pelo Tejo com ares de paquetezinho e depois descansa na doca, que o pote de ouro que os cruzeiros turísticos no Tejo representam, continua por descobrir. O ÓPERA apresenta novas janelas panorâmicas a meio navio.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment