Monday, June 06, 2016

Paquebot POLYNESIE

Depois da Segunda Guerra Mundial, a frota da companhia francesa Messageries Maritimes foi renovada com uma nova geração de paquetes mistos e de navios e carga modernos, na sua maioria com propulsão por motores Diesel, com linhas aerodinâmicas, facilmente reconhecíveis pelas suas chaminés arredondadas pretas, ou brancas no que se referia a alguns dos paquetes. O mais pequeno dessa nova e derradeira geração de paquetes franceses foi o POLYNESIE, um navio de 3709 TAB e capacidade para 36 passageiros e 4165 m3  de carga geral e frigorífica, entrado ao serviço em 1954 e transferido e 1972 para uma empresa filial das MM, a Union Maritime du Pacific Sud, que continuou a operar este navio até à sua venda em 1975 à companhia Guan Guan Shipping, de Singapura, quando passou a chamar-se GOLDEN GLORY e a partilhar as cores do antigos paquetes portugueses INDIA e TIMOR que então se chamavam KIM HOCK e KIM ANN, respectivamente. 
O POLYNESIE estava baseado no porto australiano de Sydney, de onde partia nas suas viagens de 21 dias pelo Pacífico Sul às ilhas da Polinésia e Novas Hébridas, um pouco à semelhança do serviço costeiro em Moçambique assegurado pelos mini-paquetes LURIO e ZAMBÉZIA da CNN entre Lourenço Marques e o norte de Moçambique até 1968. 
Sydney era por sua vez o porto final do itinerário dos paquetes de longo curso das Messageries Maritimes que partiam de Marselha para o Pacífico Sul, com escalas no Funchal e travessia do Canal do Panamá, com destaque para os gémeos CALEDONIEN e TAHITIEN. A venda do POLYNISIE à Guan Guan possibilitou ao pequeno paquete mais quatro anos de actividade, até que em Junho de 1979 foi vendido a sucateiros da ilha Formosa e desmantelado em Kaohsiung.
Ilustração - cartaz publicitário e postal editado pelas Messagerie Maritimes. 
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment