Monday, January 23, 2017

Batelões no Poço do Bispo

Que mal terá feito o Bispo da Lisboa Oriental, em cuja doca pairam batelões  a aguardar frete e a imaginarem-se cheios de contentores a reboque Tejo acima / Tejo abaixo?
Uns dão por nomes de meses, esses mesmo, os dos calendários, outros têm desiganções mais femininas, Rrrrita, Ruuute, e foram feitos em Viana do Castelo para a antiga Socarmar. 
Estavam assim, parados no calor fresco da tarde de 19 de Janeiro deste ano da graça de 2017.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia 
Post a Comment