Thursday, March 04, 2010

Cargueiro Angolano EBO

Cargueiro tipo SD 14 EBO da empresa estatal angolana ANGONAVE. Com 8.994 toneladas de arqueação bruta e 14.604 toneladas de porte bruto, este navio foi construído no Brasil em 1978 para a companhia NETUMAR, do Rio de Janeiro, sendo entregue a 28-12-1978 com o nome RIO CONQUISTA. Em 1979 foi vendido à ANGONAVE - Linhas Marítimas de Angola, U.E.E., a empresa estatal de navegação de longo curso que derivou da NAVANG e da CABOTANG, empresas sediadas em Luanda e controladas pela Companhia Nacional de Navegação.
Com o nome EBO navegou até 1993, fazendo principalmente a linha Angola - Portugal - Norte da Europa. Em 26-12-1993 foi arrestado em Lisboa onde permaneceu imobilizado durante muitos anos acabando vendido em leilão ao sucateiro Baptista & Irmãos, de Alhos Vedros, para onde foi rebocado. Em 1999 foi revendido a interesses portugueses e angolanos e registado em Chipre com o nome LISA L, dando-se início a uma grande reparação, utilizando-se peças do seu irmão HOJI YA HENDA, também arrestado em Lisboa e adquirido pelos Baptistas. A reparação do navio estendeu-se por vários anos, sendo gerida pela companhia de navegação TMP, de acordo com os meios financeiros que foram sendo libertados. O objectivo era utilizar o navio na carreira de Angola, mas tal não veio a acontecer. A TMP não aguentou o esforço associado à reparação do navio e acabou por falir, sendo o LISA L ex-EBO revendido em Lisboa a interesses árabes.
Os restantes navios da frota da ANGONAVE tiveram fins idênticos, e a empresa perdeu toda a frota, acabando por ser extinta.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment