Tuesday, May 25, 2010

LISBONENSE e ALMADENSE baptizados em Aveiro

Notícia da Lusa, de 25-05-2010, relativa aos novos ferries LISBONENSE e ALMADENSE: "A Transtejo adquiriu dois novos ferries para renovação da frota na travessia do rio Tejo entre Cacilhas e Cais do Sodré. Os novos equipamentos representam um investimento de 14 milhões de euros e vão começar a transportar automóveis e passageiros já em Setembro deste ano.
"Os navios vão iniciar as chamadas provas de mar a 15 de Julho e, depois, ainda precisamos de um período de formação para a tripulação", explicou à Lusa João Pintassilgo, presidente da Transtejo.
As embarcações foram construídas no estaleiro da Navalria, em Aveiro, e vão proporcionar uma maior segurança, conforto e rapidez no embarque e desembarque dos veículos.
Também irão permitir uma poupança significativa em termos de manutenção em relação aos atuais cacilheiros que vêm substituir e que têm mais de 50 anos de serviço.
A empresa anunciou ainda que pondera retomar o transporte de passageiros entre Cacilhas e o Terreiro do Paço, que foi suspenso em 2000, aquando do acidente nas obras do Metropolitano, respondendo ao desejo de um "número significativo" de passageiros.
Os novos ferries estão equipados com um sistema de visão noturna para operar em condições desfavoráveis como visibilidade reduzida ou nevoeiro. As emissões de CO2 são muito inferiores aos limites legais, o que torna estas embarcações veículos mais amigos do ambiente com menor impacto ambiental."
Fotografia dos novos ferries da Transtejo atracados ao cais de aprestamento do estaleiro Navalria ontem, 24 de Maio, no dia em que se procedeu à cerimónia de baptismo das novas unidades. O LISBONENSE e o ALMADENSE foran "lançados à água" no dia 21-05-2010, quando sairam da doca seca onde foram construídos.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment