Saturday, October 23, 2010

Gare Marítima de Alcântara: 2010-10-22

A Gare Marítima de Alcântara vista esta tarde, 22 de Outubro de 2010, de bordo de um navio de cruzeiros gigante, daqueles que fazem os portos e os outros navios parecerem pequenos.
A Gare Marítima de Alcântara fotografada 76 anos depois de ter sido projectada pelo arquitecto Porfírio Pardal Monteiro, a pedido do ministro Duarte Pacheco. Passados todos estes anos mantém-se um edifício de referência à beira-Tejo, ainda a cumprir (parcialmente) a função para que foi imaginada nos anos trinta do século XX: servir os passageiros dos navios que fazem escala em Lisboa ou que aqui iniciam as suas viagens. A natureza dos viajantes mudou desde então, agora são mais excursionistas - diga-se turistas ou cruzeiristas em linguagem contemporânea. Os navios cresceram numa dinâmica de gigantes inimaginável há 50 anos. É o admirável mundo novo dos cruzeiros e paquetes.
E sabem que mais? O projecto de Pardal Monteiro concebido em 1934 nunca foi realizado na integra: previa a construção de uma torre a jusante do actual corpo de edifício com acesso a passageiros e visitantes para observação panorâmica; previa a ligação à Gare Marítima da Rocha através da varanda que passaria por quatro edifícios mais pequenos distribuídos entre Alcântara e a Rocha. Nunca se construíram, nem a torre nem a varanda nem as estações complementares. A ideia era ter o cais de Alcântara à Rocha cheio de navios de passageiros. Só recordo essa situação uma vez, em 1969 em que toda a muralha foi ocupada por paquetes, alguns dos quais eram portugueses.
E sabem que mais? Foi pena não se ter feito todo o projecto, neste País de obras inacabadas pela falta de arrojo e ambição. O que faltou na edificação das Gares Marítimas de Lisboa de Pardal Monteiro sobrou mais tarde na conquista de espaço ao Tejo, de tal forma que a orgulhosa Gare de Alcântara está hoje mais aterrada que nunca. Na fotografia pode ver-se bem a marca paralela do primeiro acrescento de cais para o rio. Foi ali que em 1943 atracou o SERPA PINTO, inaugurando a Gare. Hoje esteve lá atracado o MSC ORCHESTRA.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment