Thursday, November 18, 2010

Paquetes na doca de Alcântara

Uma imagem nostálgica da doca de Alcântara na década de 1950, tirada da ponte rotativa, vendo-se em primeiro plano o vapor de passageiros QUANZA, construído em 1929 em Hamburgo para a Companhia Nacional de Navegação. O QUANZA foi lançado ao mar com o nome PORTUGAL, mas a designação foi alterada durante o aprestamento.
O QUANZA durou 39 anos, tendo navegado até 1968. Utilizado principalmente na linha de África, serviu igualmente nas carreiras do Brasil, EUA, Extremo Oriente e efectuou diversos cruzeiros. 
Igualmente visível, à esquerda, um dos paquetes da Colonial, PÁTRIA ou IMPÉRIO e entre os dois paquetes distingue-se a mastreação do FUNCHALENSE de 1953. 
Foram-se os nossos navios, e por pouco não se foi a doca, pois chegou a ser considerado o seu aterro há uns anos...
O local de atracação do QUANZA estava concessionado ao estaleiro naval da CUF, pelo que o navio estaria em reparação. Já o paquete da CCN e o FUNCHALENSE estão em operação comercial.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment