Sunday, July 17, 2011

Memoria do JACOB MAERSK

Os portos nortenhos de Leixões e do Douro são notáveis pela sua perigosidade natural, traduzida em inúmeros acidentes e perdas de navios resultante da inclemência dos elementos naturais e outros factores diversos.
Um dos mais graves e trágicos naufrágios associados ao porto de Leixões deu-se no dia 29 de Janeiro de 1975 envolvendo o navio-tanque dinamarquês JACOB MAERSK, que se perdeu de forma aparatosa, encalhando e explodindo depois.
Num exercício exemplar de preservação da memória marítima local, a Administração do Porto de Leixões criou um pequeno monumento alusivo ao JACOB MAERSK, que as nossas fotografias documentam. Este memorial encontra-se inserido numa área pública de Leixões, recomendando-se a visita.


Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment