Monday, June 11, 2012

REGATA VOLVO

A vinda a Lisboa da REGATA OCEÂNICA VOLVO emprestou ao Tejo e ao Porto de Lisboa um movimento e notoriedade pouco habituais numa terra de gente desligada das coisas do mar. 
Falou-se da importância das actividades marítimas, da náutica de recreio e da economia do mar sem o vazio que habitualmente acompanha as nossas incursões nos domínios do mar, agora que o tema entrou na agenda política sem no entretanto ter um suporte cultural que leve a uma expressão natural de actividades por parte dos diversos intervenientes na economia, na política e na cultura.



A Administração do Porto de Lisboa recuperou parcialmente a Doca de Pedrouços, utilizada como porto de pesca de Lisboa durante décadas e que nos últimos anos havia entrado numa decadência estranha. Apesar do esforço de recuperação física da Doca, ficou patente a falta de dinheiro que limitou os trabalhos ao mínimo. Algumas das actividades de entretenimento associadas ao evento também mostraram uma pobreza significativa, caso dos músicos aquartelados num palco gigantesco, onde emitiam ruídos diversos que de facto convidavam a abandonar o local.
Parece que o futuro portuário deste local vai passar agora pela sua utilização como porto de recreio a ser concessionado em conjunto com a doca do Bom Sucesso. 
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment