Friday, August 24, 2012

Pulguedo aquático

Apesar da crise que sempre vai matando mais os sonhos de uns do que de outros, há alturas em que intrépidos cavaleiros do mar e rio montam suas pulgas motorizadas e sulcam a paisagem marítima como se pudessem guiar na estrada sem respeitar o Código ou ser apanhado pelas Polícias e caçadores de multas. Estes tipos saltam, pulam e coçam as ondas a grande velocidade proporcional ao ruído das suas embarcações de plástico numa visão de verdadeira aventura neoliberal pela certa. E ainda por cima atrapalham a navegação, aos pinotes no canal da Barra Grande, forçando por vezes os navios a apitarem. E claro, colam-se aos paquetes, talvez a pedir uma moeda aos milionários dos cruzeiros e entretanto irritam o LMC e estragam as fotografias. Bem mais interessante seria ver estes heróis desregulados a promover a vela tradicional e a encher o Tejo de canoas, faluas, catraios. Até podiam ter uns motorzinhos auxiliares. Nunca saberão o que é deslizar à vela nesses cascos coloridos com assinaturas fenícias. Haja paciência. 
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment