Thursday, August 22, 2013

Concessão do terminal de cruzeiros de Lisboa

Foram apresentadas três candidaturas à construção e exploração do novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa, entre Santa Apolónia e o Jardim do Tabaco, hoje abertas pelo júri. As candidaturas em causa foram apresentadas por: 
- Creuers del Port de Barcelona, SA (Gere terminais de cruzeiro em Barcelona, Málaga (Espanha) e Singapura);
- Global Ports Holding (GPH) (Mota-Engil, Ambiente e Serviços, SGPS, SA) A GPH gere terminais de cruzeiro em Kusadasi, Bodrum e Antalya (Turquia);
- SETH – Sociedade de Empreitadas e Trabalhos Hidráulicos, SA, Somague Engenharia, SA, Grupo Sousa, Investimentos SGPS, Pioneiro do Rio, Serviços Marítimos, Ldª., RCCL, Royal Caribbean Cruises Ltd. (A RCCL gere terminais de cruzeiro em Civitavecchia, Nápoles (Itália), Port Everglades, Fort Lauderdale e Cape Liberty (EUA), Costa Maya e Langosta (México), Roatan (Honduras), Belize (Belize) e Kusadasi (Turquia) e o Grupo Sousa é proprietário do armador português mais antigo e da Porto Santo Line, empresa concessionária do serviço público de transporte de passageiros e carga ligando diariamente a Madeira ao Porto Santo.
Na sequência desta abertura irá proceder-se à verificação da elegibilidade dos candidatos face aos requisitos do concurso. Numa segunda fase, as empresas que cumpram esses requisitos serão convidadas, no início do mês de Setembro, a apresentar as suas propostas, estando prevista a adjudicação até ao final do ano.
Com este novo terminal, o Porto de Lisboa pretende crescer em passageiros e escalas de cruzeiro na capital portuguesa, estimando-se que o actual tráfego de mais de 500 mil passageiros possa duplicar nos próximos dez anos. Permitindo dotar o porto com uma capacidade de crescimento até 1,8 milhões de passageiros, a nova gare irá impulsionar o crescimento das operações de embarque e desembarque, ou seja, navios de cruzeiro que permitem o início e fim das viagens em Lisboa e não apenas a sua escala de trânsito.
A construção da nova Gare de Passageiros – que representa um investimento global de cerca de 22 milhões de euros –, deverá começar no início de 2014, estando prevista a sua conclusão em 2015. 
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment