Wednesday, December 18, 2013

DOCA DE ALCÂNTARA em 2013


A Doca de Alcântara fotografada a 3 de Dezembro de 2013, 38 anos passados sobre as imagens do artigo anterior, parcialmente desmaritimizada e higienizada, no mesmo local, mas sem a vida que caracterizou este cais durante muitas décadas. 
Claro que a revolução dos transportes marítimos, que na década de 1980 chegou à Doca de Alcântara, permite que hoje, no terminal da Liscont, em Alcântara, se movimente muito mais carga que alguma vez foi possível movimentar nos tempos da carga geral e da Marinha Mercante Portuguesa. 
Mas apesar de tudo, acho que não houve o cuidado de encontrar soluções contemporâneas de qualidade para a preservação deste espaço e desta doca, a mais emblemática de Lisboa. Podia ser pior, chegou a pensar-se no aterro desta doca, mas devia ser muito melhor... Lisboa é um dos melhores portos naturais do muno e um dos mais belos também. Depois falha o resto. Não que não se tenha investido muito dinheiro nos últimos anos, nomeadamente na revitalização do Jardim do Tabaco e Santa Apolónia, mas há muito mais para fazer e há que lidar com o Porto e os nossos Cais com outra alma.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia 
Post a Comment