Sunday, December 21, 2014

Lisboa na rota da Italian Line para a América do Sul


Pela posição geográfica e pelo facto de ter havido uma corrente emigratória importante de Portugal para o Brasil, o porto de Lisboa teve uma grande importância nos itinerários das principais companhias de navegação com carreiras regulares entre a Europa e a América do Sul. 
A carreira teve início em 1851 com a companhia britânica Royal Mail e terminou em 1977 com as últimas viagens da companhia Italia e os seus paquetes CRISTOFORO COLOMBO e GUGLIELMO MARCONI. 
Na década de 60 do século XX, este serviço foi assegurado regularmente pelos paquetes gémeos AUGUSTUS e GIULUO CESARE, que faziam escalas em Lisboa em todas as viagens, tanto no sentido Norte-Sul como de regresso ao Mediterrâneo, com informava o anúncio da companhia relativo a Dezembro de 1964.
Nesse ano de 1964 estes dois navios da companhia estatal Itália eram dos maiores navios com presença constante no Tejo. 
Em 1966 entraria na carreira outro grande paquete italiano construído expressamente para a linha Brasil e Rio da Prata, o EUGENIO C, da companhia Costa, que foi o mais rápido (27 nós) e o maior dos paquetes dos navios de passageiros a navegarem para o Brasil, Uruguai e Argentina depois da segunda grande guerra. Portugal teve também uma presença na carreira da América do Sul durante alguns períodos, com as empresas Companhia Luso-Brasileira, Mala Real Portuguesa, Transportes Marítimos do Estado, Companhia Nacional de Navegação e Companhia Colonial de Navegação, que em 1952 e 1953 introduziu na linha os belíssimos paquetes VERA CRUZ e SANTA MARIA.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia 
Post a Comment