Tuesday, July 21, 2015

Antigas unidades navais na Margueira


Apesar de em Portugal por razões conjunturais e de penúria de meios se prolongar a vida útil dos navios de guerra para além do razoável, um dia cada unidade acaba por ser abatida ao efectivo, entrando numa espécie de limbo durante o qual aguarda a decisão final relativa à sua existência física. 
A existência de cais vazios no antigo estaleiro da Margueira levou à utilização desse espaço para atracação de navios desarmados, encontrando-se neste momento quatro antigas unidades navais na Margueira: a lancha BACAMARTE, a corveta GENERAL PEREIRA D'EÇA, o patrulha SAVE e o submarino DELFIM. Mais dia menos dia irão para a Margueira as corvetas JOÃO COUTINHO e AFONSO CERQUEIRA, desarmadas em 2014 mas ainda atracadas na Base Naval do Alfeite. 
A PEREIRA D'EÇA foi cedida à Região Autónoma da Madeira para ser afundada como recife artificial e atracção turística na área do mergulho desportivo.

Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia

3 comments:

Luis Martins said...

Num país que prezasse a cultura o Delfim seria convertido em espaço museológico... cá somos mais adeptos da sucata!
Ou partimos daqui para a salvação do Delfim?

João Gonçalves said...

Tornar o Delfim num museu tem custos muito elevados, quer na preparação, quer na manutenção e em tempos de crise não é fácil encarar um encargo desses.

Anonymous said...

Já temos o "Barracuda" em Cacilhas. É melhor que nada.