Thursday, July 23, 2015

MSC CRUZEIROS E OS MERCADOS AFRICANOS

MSC CRUZEIROS EXPLORA MERCADOS AFRICANOS: A companhia italiana pretende fazer de Luanda e Maputo portos de embarque e desembarque para os seus navios. A MSC Cruzeiros pretende contribuir para o aumento do sector dos cruzeiros em Angola e Moçambique, considerando a possibilidade de apostar nos itinerários com saídas e chegadas a Luanda e Maputo nos próximos anos, pondo assim ao dispor dos passageiros africanos a sua distinta experiência de cruzeiro mediterrânica.
Tendo em conta que o turismo de cruzeiros é um dos segmentos turísticos de maior crescimento a nível mundial, Eduardo Cabrita, Director Geral da MSC Cruzeiros em Portugal afirma que: “Estamos disponíveis para reunirmos com empresas ou consórcios de Angola e Moçambique que queiram potenciar o sector dos cruzeiros através do fretamento dos navios MSC Cruzeiros que se vão posicionar no Sul de África, de forma a efectuar uma temporada com itinerários com saída e chegada a Luanda, e com saída e chegada a Maputo, dentro do período compreendido entre Novembro e Maio, nos próximos três anos”.
Apesar de não ter cruzeiros com partidas e chegadas aos portos destes países, a MSC Cruzeiros posiciona todos os anos um dos seus navios no Sul do Continente Africano, fazendo escalas em Cape Town, Walvis Bay e Durban, na África do Sul, e ainda em Maputo.
“Este Inverno teremos disponíveis 34 cruzeiros no Sul do Continente a bordo do MSC Sinfonia, um dos nossos navios recentemente renovados com capacidade para 2.600 passageiros, e acreditamos que Angola e Moçambique poderão também ser um bom mercado para nós”, conclui Eduardo Cabrita.
A MSC Cruzeiros é uma jovem e ambiciosa companhia, que cresceu 800% nos seus primeiros dez anos e tornou-se na quarta maior companhia de cruzeiros da indústria e maior companhia privada de cruzeiros do mundo sendo anunciada recentemente como líder de mercado na Europa, tendo transportado 1.67 milhões de passageiros em 2014.
Entre outros, a companhia tem como objectivo principal duplicar a sua capacidade de frota até 2022, através de um plano de investimento de €5.1 mil milhões lançado o ano passado, que inclui a construção de sete novos navios em dois novos protótipos de última geração - a Classe Seaside e a Classe Meraviglia.
O primeiro dos novos navios de última geração, o MSC Meraviglia, será entregue em Maio de 2017 e a partir de Junho desse mesmo ano navegará pelo Mediterrâneo com partidas de Barcelona, Génova e Marselha. O MSC Meraviglia será o maior e mais inovador navio de cruzeiro alguma vez construído por uma companhia de cruzeiros mundial sediada na Europa– a STX France-, tendo a capacidade de transportar 5.700 passageiros, apresentando-se como um dos navios mais amigos do ambiente e seguros na indústria, bem como um dos mais avançados tecnologicamente.
O segundo navio da próxima geração, chamar-se-á MSC Seaside – O navio que segue o Sol, e estará a navegar pelas Caraíbas ao longo de todo o ano, a partir de Dezembro de 2017. Com capacidade para acomodar mais de 5.179 passageiros, o inovador e ultramoderno MSC Seaside será o maior navio de cruzeiro já alguma vez construído pela Fincantieri e um dos navios mais avançados tecnologicamente no mercado. O navio será ainda caracterizado pelo mais interactivo e original parque aquático concebido no mar com cinco escorregas e atracções para todas as idades.
Post a Comment