Wednesday, July 22, 2015

Paquete LISBOA ex-PRINCESS DANAE chega a Aliaga para ser desmantelado


O paquete português LISBOA, antigo PRINCESS DANAE, está a atravessar o Mar Egeu pela última vez e amanhã de manhã chegará ao porto turco de Aliaga onde deverá ser encalhado para desmantelamento. É o final da derradeira viagem do velho navio de cruzeiros e a única efectuada com o nome LISBOA, um nome que reforça assim a fama de dar azar aos navios aos quais foi atribuído.
O LISBOA encontrava-se no Tejo desde Abril de 2013 e não viu concluída a reparação e modernização em que se gastaram cerca de 5 milhões de euros sem proveito útil para evitar este desfecho inglório, pois o LISBOA acabou vendido a um sucateiro turco por menos de 3 milhões de USD e saiu do Tejo a reboque a 5 de Julho último.
Antigo navio misto de carga e passageiros inglês PORT MELBOURNE de 1955 seria convertido para cruzeiros na Grécia em 1974-76 quando iniciou uma carreira de sucesso como DANAE e, desde 1996, como PRINCESS DANAE ao serviço de uma das companhias do armador George Potamianos. Os últimos passageiros - franceses - desembarcaram em Setembro de 2012 em Marselha e seguiu-se um período de arrestos e incerteza com a falência da Classic International Cruises em Novembro de 2012. A criação da Portuscale Cruises que adquiriu o navio em 2013 e o trouxe para Lisboa ainda emprestou alguma esperança quanto ao futuro do DANAE mas as coisas não correram pelo melhor e o epílogo será amanhã com o encalhe do navio em Aliaga e a sua destruição.

Mapa AIS com o rebocador HELLAS a rebocar o LISBOA ex-PRINCESS DANAE esta tarde, 22 de Julho de 2015

O nome LISBOA tem uma tradição negativa na Marinha Mercante Portuguesa desde que em Outubro de 1910 se perdeu o navio-almirante da Empresa Nacional de Navegação, o vapor LISBOA, acabo de construir em Glasgow e que fazia a segunda quando encalhou e se perdeu a norte de Cape Town. Era o PRÍNCIPE PERFEITO da época e a sua perda abriu uma prática d ecompra de navos em seO vapor LISBOA - primeiro navio da Sociedade Geral não teve melhor fim, afundou-se no Barreiro na década de 1920 e a falta de sorte marcou anos mais tarde, em 1947, o paquete panamiano CITY OF LISBON do armador José Bensaude, que abalroou um navio de carga italiano à saída de Vigo quando iniciava a quarta vagem para o Brasil, o que ditou a venda do paquete e o fim da companhia Iberian Star Line. Depois destes episódios ninguém mais se atreveu a chamar LISBOA a um paquete português até que em Maio de 2013 o PRINCESS DANAE recebeu este nome, que não lhe trouxe sorte. LISBOA é o nome do TITANIC português e mantém toda a sua negatividade.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correi

3 comments:

trickyboat said...

Thanks for the update.

Any news on Porto of Funchal?

Luis Miguel Correia said...

PORTO and FUNCHAL both still laid up in Lisbon as of 23 July 2015

trickyboat said...

Luis, Thank you for the update, appreciated Sir.

Richard