Thursday, August 21, 2014

FUNCHAL voltou a Lisboa


No que se refere ao Paquete FUNCHAL e a Lisboa, a tradição ainda é o que era e ontem o navio voltou ao Tejo em Agosto, como faz desde 1976, quando efectuou os primeiros cruzeiros no Norte da Europa fretado aos Suecos, no tempo já tão distante da CTM.

Andei a contar os dias para a chegada do FUNCHAL este 20 de Agosto e o navio não me deixou ficar mal. Vinha lindo, os tombadilhos cheios de passageiros, parte dos quais desembarcou em Lisboa. Depois do desembarque embarcaram mais portugueses entretanto, que o navio não pára.
Alguns passageiros, pouco habituados a estes coisas de desembarques em Lisboa, mostravam-se impacientes, bem sei que custa deixar o FUNCHAL depois de uns dias inesquecíveis a bordo, mas há mais cruzeiros, o programa está publicado até Outubro de 2015 e as tentações são mais que muitas, variadas, direi mesmo que para todos os gostos.
Lá fui fotografar a chegada do paquete a Santa Luzia e o FUNCHAL brilhou na luz da tarde com as cores clássicas da PORTUSCALE CRUISES e fez-me lembrar o PRÍNCIPE PERFEITO a atracar ao Cais da Fundição, no sítio do actual Terminal de Passageiros de Santa Apolónia, como cheguei a fazer em 1975 nas últimas viagens do PRÍNCIPE a Angola e depois durante a imobilização que antecedeu a sua venda - foi mais dado que vendido, que em tempos de PREC repudiava-se a Marinha Mercante, coisa colonialista, a abater. 
O desabafo tem a ver com o PRÍNCIPE PERFEITO, Paquete que antecedeu o FUNCHAL no traço do Arquitecto Naval Almirante Rogério de Oliveira, não o Lugre actual que é giro, mas não tem quase nada a ver com as velhas tradições dos PAQUETES PORTUGUESES de que o FUNCHAL é o último testemunho vivo, apesar do entusiasmo e dedicação do Cte. Rafael. 
Enfim, história é isso mesmo, é passado e ontem lá estava no cais a aguardar o seu navio preferido, sempre sorridente, o Armador Dr. Rui Alegre, a receber uma grupo numeroso de agentes de viagens que jantaram a bordo e desejo tenham desembarcado motivados para venderem muitos cruzeiros do FUNCHAL em Portugal e tão encantados como eu fico, sempre que me cruzo com o FUNCHAL.
Não resisti e voltei a bordo do FUNCHAL e fiz mais umas quantas fotografias e cheguei a pensar por momentos em esconder-me numa baleeira e sair para o mar, esse mar largo e belo sem limites a que o FUNCHAL regressou vai fazer amanhã um ano depois de renegar uma morte quase anunciada.
Foi a 22 de Agosto que o FUNCHAL renasceu de facto quando largou para a Suécia após reconstrução. Um ano depois ele cá está, com vida e muitas viagens e cruzeiros para fazer.
A azáfama dos passageiros portugueses para desembarcarem e dos ingleses para saírem em excursão deixou os decks do FUNCHAL por minha conta e a luz de final de tarde traiu a presença deste amigo do Paquete FUNCHAL com uma sombra feliz. Não há nenhum outro navio como o FUNCHAL.
E já agora, não se esqueçam: faltam 93 dias para o FUNCHAL largar do Tejo para o grande cruzeiro a África - Cabo Verde, São Tomé, Angola e Guiné no conforto acolhedor do FUNCHAL. Pode embarcar e desembarcar na Madeira, se preferir.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia  
Post a Comment