Tuesday, August 25, 2015

CRISTOFORO COLOMBO em Lisboa


Tendo quase sempre vivido junto aos navios, tanto no Funchal como em Lisboa, próximo dos portos respectivos, a minha paixão pelos navios e pelo mundo marítimo começou no final da década de 1950, de quando datam as primeiras reminiscências sobre o tema. 
Em 1970 comecei a fotografar navios e a história ainda não acabou pois essa actividade mantém-se presente. 
Quando comecei a fotografar na década de 1970 as linhas regulares de navios de passageiros estavam em declínio acelerado tendo o ano de 1977 marcado o final para algumas das derradeiras carreiras regulares de paquetes, caso da companhia Itália, na linha da América do Sul, cujos paquetes a turbinas CRISTOFORO COLOMBO e GUGLIELMO MARCONI faziam escalas regulares no Tejo e foram retirados em Abril e Junho desse ano, pretexto para que eu tivesse fotografado as últimas escalas de ambos com a noção de que registava o final de uma época.

Esta fotografia do COLOMBO foi tirada de bordo do rebocador MUTELA graças à colaboração preciosa do Mestre Zé, com quem comecei a andar pelo Tejo a fotografar navios em 1975. A data é Janeiro de 1977 e mais tarde foi utilizada na contracapa da revista STEAMBOAT BILL, dos Estados Unidos. Recentemente alguém digitalizou essa capa e colocou a imagem no Facebook, cujo ficheiro copiei e aqui apresento. Claro que não me pediram autorização para a utilizar na rede social, mas tiveram o cuidado de mencionar o autor da imagem, o que nem sempre acontece, dado que a era digital proporciona novas dinâmicas a toda a espécie de oportunistas...
Quanto ao CRISTOFORO COLOMBO, era um navio altivo e elegante com uma enorme personalidade e uma voz que se fazia ecoar por toda a Lisboa ribeirinha antes de largar para o Mediterrâneo ou a América do Sul, sempre com um apito longo 30 minutos antes da saída, dois 15 minutos depois e três no momento da largada. O nosso PRÍNCIPE PERFEITO fazia o mesmo e entretanto foram-se estes sons e cheiros (o cheiro a nafta da chaminé, pois ambos eram navios equipados com turbinas a vapor), ficaram as memórias que aqui vamos partilhando.
Texto e imagens /Text and images copyright L.M.Correia. Favor não piratear. Respeite o meu trabalho / No piracy, please. For other posts and images, check our archive at the right column of the main page. Click on the photos to see them enlarged. Thanks for your visit and comments. Luís Miguel Correia
Post a Comment